"Problema do governo é do governo", ironiza Skaf | Fábio Campana

“Problema do governo é do governo”, ironiza Skaf

unnamed

“Problema do governo é do governo, cada um com seus problemas. A minha preocupação é ajudar para que o País retome o crescimento econômico”, ironizou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, sobre as delações premiadas na Lava Jato, que envolvem o seu nome.

Filiado ao PMDB e candidato ao governo do Estado de São Paulo, na campanha daquele ano, Skaf teria pedido R$ 6 milhões em doação da Odebrecht para a campanha, conforme relato de Marcelo Odebrecht ao TSE.

O dinheiro teria sido acertado como parte de uma doação de R$ 10 milhões acordada entre a empresa e o PMDB, presidido na época pelo então candidato a vice-presidente Michel Temer.

Na semana passada, Skaf divulgou uma nota dizendo que todas as doações recebidas pela campanha ao governo de São Paulo estão devidamente registradas na Justiça Eleitoral. Afirmou ainda que nunca pediu e nem autorizou ninguém a solicitar qualquer contribuição de campanha que não as regularmente declaradas. As informações são do Estadão.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*