Osmar Serraglio usa rede social para se defender | Fábio Campana

Osmar Serraglio usa rede social para se defender

Após ser apontado como defensor ferrenho de Daniel Gonçalves Filho, fiscal agropecuário e superintendente do Ministério da Pesca e Agricultura no Paraná entre 2007 e 2016, o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, tenta se desvencilhar da acusação. O colunista da Folha online, Josias de Souza, conta em seu Blog como Serraglio interviu por Daniel em várias ocasiões. Em uma delas ele chegou a pedir a ministra da Agricultura de então Kátia Abreu, o processo em que havia indicação para o afastamento de Daniel do cargo, após o trâmite de um processo administrativo.

Nesta manhã de domingo, 19, Serraglio usou a sua página na rede social Facebook para se defender das acusações que pairam sobre ele em relação a Operação Carne Fraca. Serraglio aparece em uma das inúmeras interceptações telefônicas feitas pela Polícia Federal nos investigados da operação Carne Fraca.

Na gravação, há uma conversa entre o ministro da Justiça com Daniel Gonçalves Filho, fiscal agropecuário e superintendente do Ministério da Pesca e Agricultura no Paraná entre 2007 e 2016. Segundo as investigações, Daniel seria o líder do esquema ilegal da venda de carne adulterada por grandes frigoríficos.

Na postagem, Serraglio diz que a indicaçãode Daniel ao cargo ocorreu há 10 anos por decisão política do Governo coube à bancada do PMDB do Paraná a indicação de nome. Ele reitera que o nome foi indicado pelo Deputado Moacir Micheletto.

Abaixo a íntegra da postagem de Serraglio feita por volta das 10 horas deste domingo:

A indicação do Sr. Daniel:

1 – se deu há aproximadamente 10 anos,

2 – por decisão política do Governo de então a indicação ao cargo coube à bancada do PMDB do Paraná,

3 – e na bancada do PMDB do Paraná quem fez a indicação foi o Deputado Moacir Micheletto,

4 – como usual em todas as indicações com o mesmo enfoque todos os demais membros da bancada são instados a assinar o ofício de indicação a fim de prestigiar o indicado pelo deputado.


5 comentários

  1. Povão
    domingo, 19 de março de 2017 – 21:08 hs

    O importante é o seguinte, véio: tu recebeu ou não uns pixulecos deste ixquema da carne podre? Si num recebeu, fica frio, mas se recebeu prepare a mochilinha pra passá uns bons aninhos no xilindró, tá ligado?

  2. PIMENTA PURA
    segunda-feira, 20 de março de 2017 – 4:41 hs

    Onde há fumaça…

  3. Aguirre
    segunda-feira, 20 de março de 2017 – 9:54 hs

    Atenção paranaenses, este é um bom candidato para não ser mais reeleito.

    Além de defensor de Eduardo Cunha, foi contra as 10 medidas anticorrupção propostas pelo Ministério Público.

  4. Tia Maria
    segunda-feira, 20 de março de 2017 – 12:47 hs

    Que Vergonha!!!

  5. JÁ ERA...
    segunda-feira, 20 de março de 2017 – 13:08 hs

    O Serraglio chamar o chefe da fiscalização de “meu grande chefe”
    é no mínimo muita intimidade mesmo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*