Fábio Zanon Simão pede direito de resposta | Fábio Campana

Fábio Zanon Simão pede direito de resposta

Fábio Zanon Simão, citado pelo blog em matéria replicada de O Antagonista, pediu direito de resposta através de mensagem de seu irmão, o advogado Marcelo Simão. Como de princípio, o blog lhe concede o espaço da contestação. É o que segue:

Prezado Editor Fábio Campana,

Em consulta ao seu site verifiquei menção ao nome de meu irmão FÁBIO ZANON SIMÃO como um dos líderes da operação deflagrada pela Polícia Federal denominada “Carne Fraca”.

Em nenhum momento, seja na fase investigativa ou processual referente a Operação “Carne Fraca” houve menção ou comprovação seja pela Polícia Federal, Ministério Público Federal ou Juízo Federal de que meu irmão FÁBIO ZANON SIMÃO atuou como líder de quadrilha.

Ademais, em relação ao que o senhor publicou acerca da “máfia das falências”, esclareço que a CPI das Falências bem como seus incidentes foram devidamente arquivados, não recaindo sobre os nossos nomes nenhuma responsabilização.

Desta feita, requeiro direito de resposta, de modo que os esclarecimentos trazidos junto a este email sejam devidamente publicados, ainda na data de hoje, em sua página.

Atenciosamente,

Marcelo Simão

OAB/PR nº.29.029


5 comentários

  1. Irineu Berestinas
    terça-feira, 21 de março de 2017 – 18:43 hs

    Quantos metros de moralidade. Clareza e limpidez para salvar a República de coisas espúrias. É de gente assim que o Brasil necessita…

  2. TONHO
    terça-feira, 21 de março de 2017 – 19:21 hs

    PRONTO!! JÁ SABEMOS QUE O TAL FÁBIO NÃO É O CHEFE DA QUADRILHA!!! PONTO!!

  3. izaltino savaski
    quarta-feira, 22 de março de 2017 – 10:12 hs

    é verdade o chefe dizem ser um político com o nome de serrote

  4. K S.A.
    quarta-feira, 22 de março de 2017 – 18:58 hs

    Está faltando com boa parte da verdade, mas isso é a ampla defesa. O signatário, inclusive, foi considerado inidôneo e ‘perdeu’ todas as falências no Paraná por conta de denúncias apuradas pela CPI das Falências que, muito embora “enterrada” por manobra de magistrados envolvidos, gerou importantes resultados. Fora que o líder do pequeno bando é finado… Sobrou apenas o que mais fala.

  5. Zeca Caco
    quarta-feira, 22 de março de 2017 – 20:37 hs

    Essa família SIMÃO tem parte com o belzebu. Deram muito calote em massas falidas, foram enxotados como síndicos.
    Mesmo escrachados por uma CPI, com provas das maracutaias, escaparam da Justiça Estadual.
    O Pai SIMÃO morreu há 15 dias, o Fábio preso,o Marcelo conduzido sob vara e, agora vem com essa notinha chulé…
    Esquenta a vaga do Marcelo Fábio, ele logo estrá com vc.
    Família do mau!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*