Ex-auditores são condenados na Publicano | Fábio Campana

Ex-auditores são condenados na Publicano

O juiz Juliano Nanúncio, da 3ª Vara Criminal de Londrina (região Norte) condenou o ex-delegado da Receita Estadual, Marcelo Melle, e o ex-inspetor-geral de fiscalização, Luiz Fernandes de Paula, a dez anos e seis meses de prisão por corrupção passiva tributária, na segunda sentenção da operação Publicano, que investiga um esquema de corrupção no órgão. Ambos também foram condenados à perda de seus cargos e ao pagamento de uma multa de R$ 113 mil.

Segundo o Ministério Público, responsável pela denúncia, a condenação reconheceu o envolvimento dos auditores em dois episódios de corrupção. Ainda cabe recurso da decisão. As informações são do Bem Paraná.

O MP acusou os ex-auditores de participarem de uma organização criminosa que cobrava propina de empresários, entre 2010 e 2011, para livrá-los de fiscalização da Receita. Os dois foram citados na delação do ex-auditor Luiz Antônio de Souza. Segundo ele, Fernandes teria recebido parte da propina cobrada de empresários. E Marcelo teria recebido R$ 20 mil de propina de outro auditor, em 2010.


3 comentários

  1. PUNISHER
    quinta-feira, 30 de março de 2017 – 15:37 hs

    TOME MARCELO SEU V@G@BUNDO, ISSO É POUCO PRA QUEM FICAVA PERSEGUINDO OS FAZENDÁRIOS DA 3ª DRR DE PONTA GROSSA. JUNTO COM AQUELE OUTRO S@F@DO DO SEU ASSESSOR.

  2. ANDROID
    quinta-feira, 30 de março de 2017 – 17:24 hs

    – Não são ex-auditores, mas sim, auditores. Veremos se uma condenação com base tão somente na palavra do colaborador (delator) subsistirá nos tribunais superiores, pois, isto, é tão somente o que o Ministério Público possui em suas acusações na publicano. Lembrem-se que o Ministério Público, em tese, cometeu fraude processual nesta operação, tendo que retornar e fazer um “ADITIVO” de uma colaboração que não mais existia, face te-la, ele mesmo rescindido. Em quem acreditar? Quem viver verá.

  3. HORAS CERTA
    sexta-feira, 31 de março de 2017 – 10:58 hs

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK………………..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*