Copel vai retirar torres da 'Avenida das Torres' | Fábio Campana

Copel vai retirar torres da ‘Avenida das Torres’

avenida das torres

A Copel começa a retirar as torres da Avenida Comendador Fraco, em Curitiba, a partir do segundo semestre. Conhecida como “avenida das torres”, os cabos de alta tensão que acompanham a via devem ser enterrados. A retirada das torres começou a ser planejada em 2015.

Em nota, informa o Bem Paraná, a a Copel confirmou que a partir do segundo semestre deste ano, as 25 estruturas e ainda 20 superpostes vão ser removidos. A ideia é enterrar todos os cabos de alta tensão. A mudança abrange cerca de oito quilômetros entre Curitiba e o Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais.

A obra deve demorar 18 meses para ser concluída a um custo de R$ 157 milhões. Além da mudança nos cabos de alta tensão, o projeto também inclui a ampliação das faixas, a construção de ciclovias e de uma via exclusiva para os ônibus.

(Foto: Arquivo Bem Paraná)


3 comentários

  1. VISIONÁRIO
    domingo, 5 de março de 2017 – 6:48 hs

    Tudo que é para modernizar e trazer conforto para a cidade é bem
    vinda. Esta via de acesso para o aeroporto precisa ser revitalizada
    mesmo.

  2. eleitor desmemoriado.
    domingo, 5 de março de 2017 – 20:30 hs

    Mas porque a estatal da luz elétrica não aproveitou a reforma da “avenida das torres” e não fez as reformas que diz que vai fazer só agora? Não se acertaram no preço? Ou o preço oferecido não era tão agradável assim então? Só pode ser isto, porque só o setor público é que adora reforma e, depois da reforma concluída ver que não era bem aquilo que queriam e pagaram. Aí toca reformar o que acabou de ser reformado, os verdadeiros donos do dinheiro não reclamam mesmo . Vi muito disto.

  3. GUARACI
    terça-feira, 5 de dezembro de 2017 – 11:03 hs

    Gostaria de saber sobre os cabos que já haviam sido enterrados para construção da ponte estaiada?
    Serão utilizados na nova reforma?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*