5 dos 7 conselheiros do TCE-RJ são presos | Fábio Campana

5 dos 7 conselheiros do TCE-RJ são presos

A casa caiu para os conselheiros Aloysio Neves (atual presidente); Domingos Brazão, José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Maurício Nolasco, todos serão presos preventivamente. Também foi decretada a condução coercitiva do presidente da Alerj, Jorge Picciani.

Os conselheiros são acusados de terem recebido 1% de propina sobre o valor dos contratos de obras para não incomodar as empreiteiras durante o governo de Sérgio Cabral (2007-2014), são investigados também por obterem vantagens indevidas a partir do controle do saldo excedente não utilizado pelos usuários dos bilhetes eletrônicos do RioCard.


3 comentários

  1. Nilso Romeu Sguarezi
    quarta-feira, 29 de março de 2017 – 11:21 hs

    Que tal o MP e a PF, atentarem para a advertência já proferida no STF, de que “puxa-se uma pena e vem um galinha atras” sobre o TJRJ, onde tramitou com velocidade espantosa a Lei nº 5.535/2009,do Estado do Rio de Janeiro, a qual dispõe sobre a organização da magistratura fluminense – origem dos SUPERSALÁRIOS dos magistrados, tendo em vista que no dia 17 de maio de 2012, quando então o relator, Ministro Presidente Ayres Britto, votou para declarar a inconstitucionalidade parcial e – como era de se esperar, ocorreu o Pedido de (perder) Vistas do Ministro Fux, pois naquela ADIN 4393, o Procurador-Geral da República questionava a constitucionalidade da indigitada Lei nº 5.535/2009, sancionada pelo presidiário ex-governador Cabral do falido Estado do Rio de Janeiro.
    Com a palavra o MP e a PF, pois nestes longos de vistas processuais os SUPERSALÁRIOS SE ALASTRARAM COMO INFEÇÃO QUE AMEAÇA ATÉ O ESPIRITO DE CORPO DA PRÓPRIA MAGISTRATURA.
    O presente comentário, SR. Fábio Campana,é de inteira responsabilidade do Advogado Nilso Romeu Sguarezi, OAB-3777/PR.

  2. JOHAN
    quarta-feira, 29 de março de 2017 – 11:33 hs

    Caro FÁBIO, essas medidas podem alcançar o TCE e o TJ do Paraná. Devemos aguardar algumas manifestações da OPERAÇÃO LAVA JATO. Atenciosamente

  3. quarta-feira, 29 de março de 2017 – 12:30 hs

    AH…se a QPolicia Federal entrar no Tribunal de Contas do Paraná!!. Nao sobrara pedra sobre pedra.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*