Sem desconfiômetro | Fábio Campana

Sem desconfiômetro

th
Requião, sem opções de alianças, propõe chapa pura do PMDB. Pede filiações, promete o de sempre, vocifera contra todos e sugere uma “Lava Jato” na província. Nove de cada dez membros do PMDB acham que esse discurso está tão velho e rasgado e seu autor tão desgastado que não funciona nem na sede do PMDB.


7 comentários

  1. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 – 20:16 hs

    E, final da reunião, meia dúzia, ele recitou Sidônio Muralha: Se caráter custa caro…

  2. segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 – 20:25 hs

    Triste e melancólico, um polititico,que veio para a sua mordomia,enquanto a população esta em situação critica financeira, Ate passando necessidades, ele politicamente esta morto. Só um imbecil para votar nele,o rei das mordomias,!!!

  3. CLOVIS PENA- Hora de sair !
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 5:44 hs

    Alguém mais próximo e amigo deveria fazer com que o senador analise a hipótese de que já teve o seu prazo de validade vencido na política.

    Como sustentar a permanência em um partido contestando os rumos e as decisões reiteradamente e, ao mesmo tempo, somando numericamente e indicando apaniguados para cargos no governo ao qual se opõe e nega seus votos em propostas prioritárias ?
    A direção nacional poderia decidir por um novo comando do partido no Paraná mas, se ainda não o fez , tem alguma explicação que talvez justifique . Pode ser pela vantagem de um controle relativo . Mas o preço desta oposição lá e cá quem paga são os paranaenses.
    Sim ou não . Muito pelo contrário !!

  4. FUI !!!
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 6:46 hs

    O Requião precisa distribuir mamonas de graça para os membros
    do PMDB para conseguir se eleger para algum cargo. É bom ir ar-
    rumando as malas para voltar para o passado…

  5. Mario Lopes
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 8:35 hs

    Atenção Curitiba!! Atenção Paraná. Esqueçam essa turminha Requião. É hora de tirar da política os incompetentes. E a família Requião tem tudo a ver com a incompetência.
    Vejam a última eleição que tirou o tal do professor bicicleteiro… Não é o correto? E os deputados que gastam em cartinhas e florzinhas mais de R$ 2 milhões por ano! Chega desta caterva…

  6. Tj
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 9:02 hs

    O PMDB “puro” desse cidadão deve ser o PT..

  7. Ana P.
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 10:21 hs

    “Maria Louca” achando que voltará ao Governo do Estado ou a continuar andar pelos corredores do Senado Federal!!! Tadinho, avisem ele que o povo acordou e já estamos fartos de sua política velha, com discurso de tom agressivo e sem medidas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*