Sanepar fecha 2016 com R$ 626,8 mi de lucro e é destaque nacional | Fábio Campana

Sanepar fecha 2016 com R$ 626,8 mi de lucro e é destaque nacional

mounir-chaowiche

A Sanepar divulgou nesta quinta-feira (23) que em 2016 teve lucro líquido de R$ 626,8 milhões – acréscimo de 43% em relação ao ano anterior. “Vários fatores contribuíram para que a Companhia registrasse este resultado. Quem ganha são os paranaenses que moram nos municípios atendidos pela Sanepar”, explica o presidente da Companhia, Mounir Chaowiche.

Entre os destaques que levaram ao desempenho positivo da Companhia, estão a ampliação da base de clientes e do volume faturado. No ano passado, foram incorporados ao serviço de abastecimento de água 46 mil novos clientes e 94 mil usuários do serviço de coleta e tratamento de esgoto.

Com este resultado, a Sanepar se mantém no grupo de elite das empresas públicas prestadoras dos serviços de saneamento básico no Brasil.

Na área de atuação da Companhia – 345 municípios do Paraná e Porto União, em Santa Catarina – 100% da população conta com o abastecimento de água tratada. São 3,7 milhões de pontos de entrega de água. A Sanepar conta com infraestrutura de grande porte para entregar a água em todas estas torneiras. São 164 estações de tratamento, 1.037 poços, quatro barragens e 51,5 mil quilômetros de rede de distribuição.

Quanto ao serviço de esgoto, os níveis de cobertura no Paraná conquistaram nível de excelência, muito acima da média nacional. Em dezembro do último ano, 2,6 milhões de economias (ou pontos de lançamento) estavam integradas ao sistema de coleta da Sanepar. Pelo critério de população atendida, de acordo com o Ministério das Cidades, a Sanepar coleta 77% do esgoto doméstico, acima da média nacional, que é de 42%. Diferente de outras empresas, a Sanepar trata todo o esgoto que é coletado e que chega das 239 estações tratamento. A rede coletora supera os 33 mil quilômetros.

Em 2016, a Sanepar aprimorou processos operacionais e a forma de se relacionar com clientes, seguiu acreditando no potencial de seus profissionais, investiu em seu desenvolvimento e manteve uma gestão pautada pela excelência, que assegurou a solidez financeira da Companhia.

(foto: Sanepar)


4 comentários

  1. Sergio Silvestre
    quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017 – 16:35 hs

    Conversa mole,quem ganha são is acionistas franceses e amigos do Beto Richa,Saneoar e Copel cobram taxas extorsivas de água e luz.

  2. Menos oportunismo
    quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017 – 18:05 hs

    o lucro volta pro meu bolso né? afinal o estado tem ações lá…

  3. JOHAN
    quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017 – 18:24 hs

    Caro FÁBIO, essa notícia é alvissareira para o meio ambiente dos rios que recebem e diluem o esgoto mal tratado pela SANEPAR, lançado no corpos hídricos. Com esse valor poderá quitar pelo menos a metade das multas impostas pelo IAP, pelo não cumprimento dos parâmetros mínimos de lançamento. Atenciosamente.

  4. Roberto Cardoso
    quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017 – 19:12 hs

    Tem que faturar alto mesmo, às custas do trabalhador que ganha pouco e paga muito pela conta da água. É uma vergonha, um roubo descarado, pagar pela taxa de esgosto 80% do valor do consumo da água. E não tem nenhum deputado idiota na Alep que questiona esse assalto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*