Professores de Curitiba aprovam indicativo de greve | Fábio Campana

Professores de Curitiba aprovam indicativo de greve

professores

Cerca de 800 professoras e professores da rede municipal de Ensino de Curitiba participaram da primeira assembleia do ano e aprovaram Indicativo de Greve na noite desta segunda-feira (20). O início da paralisação está marcado para o dia 15 de março. Mas, antes disso, o magistério tem uma assembleia no dia 9 de março, para deflagrar a greve da categoria. As informações são do Bem Paraná.

A decisão foi motivada tanto pela conjuntura local quanto pelo cenário nacional de ataques aos direitos dos trabalhadores, com a Reforma da Previdência em tramitação.

Segundo o Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac), os motivos são alteração da previdência do funcionalismo público, o congelamento dos salários dos servidores e precarizarização das condições de trabalho.

Além disso, a categoria também realizará um ato na Câmara dos Vereadores na próxima quarta-feira, dia 22 de fevereiro, às 9h. A proposta de ajuste fiscal de Greca deverá iniciar a tramitação na Câmara nesta data e as professoras e professores da rede irão marcar presença e deixar claro que o ajuste fiscal não atende aos interesses dos trabalhadores do município.


5 comentários

  1. Karamba
    terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 – 16:33 hs

    Tá ruim receber salário em dia? Peçam as contas e vão catar trabalho na iniciativa privada!

    Garanto que o assunto ‘melhorar o IDEB’ não foi abordado por nenhum desses “educadores” durante esse comício do petê… Petezada inútil!

  2. ELEITOR PÈ VERMELHO
    terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 – 17:27 hs

    A APP SINDICATO DEVERIA ADOTAR GREVE TIPO OPERAÇÃO PADRÃO , AI SO DE RAIVA OS PROFESSORES NÃO IRIAM SE ATRASAR PARA COMEÇAR AS , AULA, IRIAM ENSINAR SUAS MATERIAS, NÃO IRIAM QUERER SE AFASTAR DO SERVIÇO POR MOTIVO FUTIL, BANAL, IRIAM FAZER COM SEUS ALUNOS REALMENTE APRENDESSE E NO FINAL SÓ PARA CONTRARIAR TUDO OS ALUNOS DE ESCOLAS PUBLICAS IRIAM PARA A FACULDADE SEM PRECISAR DAS VERGONHOSAS COTAS.

  3. ANTONIO ALVARO ROSAR
    terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 – 18:11 hs

    Domingo não era para ter protesto, teve?

  4. quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017 – 10:28 hs

    Karamba falou tudo !

  5. Karamba
    quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017 – 11:02 hs

    Esse sindicatozinho sismmac é filhote da apetê.
    Mato tem que arrancar quando nasce. Fora!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*