Novos pobres | Fábio Campana

Novos pobres

CD_R_Favela_VilaNova_Setembro2012_45
O número de pessoas vivendo na pobreza no Brasil aumentará entre 2,5 milhões e 3,6 milhões até o fim deste ano. Denominados de “novos pobres” porque estavam acima da linha da pobreza em 2015 e já caíram ou cairão abaixo dela neste ano. São na maioria adultos jovens, de áreas urbanas, com escolaridade média e que foram expulsos do mercado de trabalho formal pelo desemprego.


3 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 – 18:15 hs

    Em tempos de pós-verdade teremos os pós-pobres…

  2. Fabi
    segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017 – 20:19 hs

    Em 2018…apertem 13 novamente!!! Aff!!! Num país de BBB, o que esperar? Um bando de político espertalhão a nossa enganar.

  3. FUI !!!
    terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 – 6:43 hs

    Dizem por aí que a classe mais difícil de aguentar são os novos
    ricos, porem transformar em novos pobres é de matar !!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*