Censo revela aumento de presos no Brasil | Fábio Campana

Censo revela aumento
de presos no Brasil

unnamed

Levantamento do Conselho Nacional de Justiça, realizado no último mês, a pedido da ministra do STF Carmem Lúcia, mostra que houve aumento de 7% da população carcerária no Brasil, desde o último censo, realizado em 2014, pelo Departamento Nacional Penitenciário (Depen).

A notícia, em destaque no jornal O Estado de São Paulo, revela que há 654.372 presos no País. Destes, 221.054 são presos provisórios, ou seja, um terço dos encarcerados aguarda um julgamento que poderá ou não resultar numa sentença penal condenatória.

Ainda segundo o relatório, elaborado após a barbárie perpetrada por amotinados em presídios do Amazonas, do Rio Grande do Norte e de Roraima, o tempo de prisão provisória no Brasil varia de 172 (Rondônia) a 974 dias (Pernambuco), com média de duração de 1 ano e três dias.

Sergipe é o Estado que apresenta o maior número de presos provisórios: 82% de sua população carcerária ainda não foi julgada. Em São Paulo, 15% dos presos estão nesta situação.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*