PT desiste de apoiar candidatos de Temer | Fábio Campana

PT desiste de apoiar candidatos de Temer

MHG_rui-falcão

Sob pressão dos militantes, o PT deverá desistir de apoiar as candidaturas de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara e de Eunício Oliveira (PMDB-CE) ao comando do Senado. O aval a nomes que foram a favor do impeachment da então presidente Dilma Rousseff e hoje contam com a simpatia do Planalto provocou revolta na base petista, rachou as bancadas do partido no Congresso e obrigou os defensores dessa negociação a recuarem. As informações são do Estadão.

Na Câmara, a tendência do PT, agora, é avalizar a candidatura de André Figueiredo (PDT-CE). Há deputados, porém, que pregam o lançamento de chapa própria, com Paulo Teixeira (SP). A disputa no Senado ocorrerá na quarta-feira e na Câmara, na quinta. A posição oficial do PT, no entanto, somente será anunciada amanhã.

A ala pragmática acha que a sigla deveria endossar Maia à reeleição, além de Eunício, para assegurar cargos na Mesa. O apoio ao deputado Jovair Arantes (PTB-GO) também está descartado.

Em artigo divulgado ontem, o presidente do PT, Rui Falcão, admitiu “divergências” a respeito da
decisão do Diretório Nacional, que no dia 20 autorizou acordos com candidatos da base do governo Michel Temer.

A exemplo de Falcão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também chegou a defender a abertura de negociações com Maia e Eunício. Nas redes sociais, porém, o grupo Muda PT – que abriga correntes de esquerda – disse não ser possível aceitar o voto em “golpistas”.

“O fato é que o protesto tem audiência, repercussão e deve ser ouvido pelos parlamentares”, escreveu Falcão. “Minha opinião pessoal é que nos unamos aos parlamentares da oposição (PDT, PC do B, Rede e PSOL) num bloco a ser encabeçado por alguém deste campo.”

‘Avulsos’. O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) vai lançar hoje candidatura avulsa, já que seu partido fechou com Maia. O PSOL também deve entrar no páreo.

Com 58 deputados, o PT está de olho na Segunda Secretaria. “A bancada está muito dividida, mas não abrimos mão de lutar por espaço na Mesa”, diz o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini (SP).


5 comentários

  1. Juca
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 – 12:33 hs

    Quando é que esse sujeitinho asqueroso boca torta vai ser investigado pela Polícia Federal?

  2. segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 – 13:16 hs

    PT vai pra onde render mai$$$

  3. Macambúzio
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 – 19:11 hs

    Tá certo, PT!!! Cêis são mutcho ONESTO pra se misturá com essa laia de político!!!

  4. JOHAN
    segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 – 22:47 hs

    Caro FÁBIO, a ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA está dividida em diversas facções ou gangs, como o PCC, CV, FDN, SC. A máscara está caindo,e não conseguem mais segurar a posição da ética e moral dento de casa. Apenas, é o fim, simples assim. Tchau. Sem retorno. Já vai tarde e levem consigo os 14,0 MM de desempregados conquistados. Atenciosamente.

  5. CARRASCO
    terça-feira, 31 de janeiro de 2017 – 7:54 hs

    Não sei como este Rui Falcão ainda continua liderando o PT. Assim
    como o PT está sendo varrido definitivamente do país temos que
    desaparecer com a imagem deste sujeito asqueroso tambem.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*