Pela metade | Fábio Campana

Pela metade

Painel, Folha de S. Paulo

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia não vai comandar a sessão que escolherá seu sucessor. O deputado não admite publicamente a candidatura à reeleição, mas já deixa clara sua decisão de, no dia da votação, não estar sentado na cadeira — que deve ser ocupada pelo vice, Waldir Maranhão. “Não tenho nenhuma expectativa de presidir uma sessão em que eu possa disputar”, diz. Sem saber disso, o centrão se preparava para pedir que a Justiça impedisse Maia de comandar a eleição.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*