Justiça barra candidatura de Maia à Presidência da Câmara | Fábio Campana

Justiça barra candidatura de Maia à Presidência da Câmara

brasil-politica-presidente-camara-dos-deputados-rodrigo-maia-20161010-04

Painel, Folha de S. Paulo

A Justiça Federal de primeiro grau em Brasília determinou que o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) “se abstenha de se candidatar para o cargo de presidente da Câmara na próxima eleição da Mesa Diretora”.

A ação popular foi articulada pelo centrão, grupo dos deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF), que disputam com Maia o comando da Casa.

Consultado, o deputado afirmou que vai recorrer. “É uma decisão, a nosso ver, que não cabe ao primeiro grau. Já há uma ação no supremo em que não houve concessão de liminar. Vamos recorrer o mais rápido possível”, disse Maia à Folha.


Um comentário

  1. Nosferatu
    sexta-feira, 20 de janeiro de 2017 – 22:43 hs

    Este sim pode ser classificado como um juizinho, como os esquerdopatas gostam de dizer. O cara está querendo só aparecer, ele sabe que não pode decidir sobre este assunto, o pretenso réu goza do privilégio de foro, foro acima do dele. E não por ser juiz de primeira instância ou até de segunda. O cara só fez isto para agradar alguns imbecis.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*