A violência aumenta | Fábio Campana

A violência aumenta

pulu-des
Além dos massacres em presídios do norte, a violência aumenta no cotidiano dos brasileiros e Curitiba é um dos pontos críticos. Aliás, a polícia aponta Ozélio de Oliveira, o Sumô, como o mentor do PCC que comanda o crime e determinou o massacre em Roraima de dentro da Casa de Custódia de Piraquara, no Paraná.

Aqui, a violência doméstica dispara. Um jovem de 24 anos foi preso por matar o ex-sogro na Véspera de Natal, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Cleberson Ferreira Pulucas, 24 anos, confessou ter matado o ex-sogro utilizando uma barra de ferro. O motivo do crime foi discussão de Pulucas com o sogro sobre a guarda do filho.


2 comentários

  1. soldado
    segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 – 19:06 hs

    agora o ilustre blogueiro quer que coloque um policial em cada casa, para evitar que genros matem sogros ou sogras, ou que maridos e esposas matem os respectivos conjuges.
    isso é violência? sim. é. mas é culpa de quem? do estado?
    violência doméstica é fruto da falta de cultura. é social.

  2. Lara Campos
    terça-feira, 10 de janeiro de 2017 – 12:56 hs

    O brasileiro é violento,mal educado, acha que o governo deve tudo, mas as famílias, com raras exceções, não educam suas crianças……. aí só tem bandido mesmo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*