Polícia Federal não consegue interrogar parlamentar mais rico do Congresso | Fábio Campana

Polícia Federal não consegue interrogar parlamentar mais rico
do Congresso

unnamed

A Polícia Federal solicitou ao ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), prazo de mais 30 dias para ouvir o deputado federal Alfredo Kaefer (PSL-PR). Parlamentar mais rico do Congresso, com patrimônio declarado de R$ 108 milhões, Kaefer é investigado por fraude contra credores. Desde agosto, a PF tenta ouvir, sem sucesso, o parlamentar. Consultado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, não se opôs ao pedido da Polícia. As infirmações são de Bárbara Lobato na Época.


2 comentários

  1. FUI !!!
    segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 – 4:06 hs

    No meio de tantas safadezas do Congresso onde a maioria dos
    parlamentares escondem os milhões acumulados, os mesmos sa-
    canas aprovam uma ninharia de aumento do salário mínimo do povo
    brasileiro. Isto não é nem ironia, é uma bandidagem mesmo !!!

  2. vilson
    segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 – 15:40 hs

    Esse é aquele do Frigorifico Diplomata?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*