Novo programa terá 750 milhões em crédito para microempresas | Fábio Campana

Novo programa terá 750 milhões em crédito para microempresas

afif-domingos

Em mais uma frente para tentar fazer a economia reagir, o governo lançará, em janeiro, um novo programa de Microcrédito Produtivo Orientado. Para amenizar a crise entre os pequenos empresários, o limite do faturamento das empresas que podem pegar esse dinheiro subirá de R$ 120 mil para R$ 360 mil. Os recursos serão repassados pelo Banco do Brasil e destinados a capital de giro. No entanto, o governo já espera que o empresariado faça esse tipo de operação para quitar dívidas mais caras e ter alívio no caixa durante a atual recessão.

“Há um grande clima de renegociação no país. O fornecedor prefere dar desconto a não receber. Assim como os bancos e até o governo”, disse Guilherme Afif Domingos, presidente do Sebrae, a’O Globo.

Afif explicou que o Sebrae tem um fundo que pode garantir até R$ 750 milhões em empréstimos. Segundo Afif, ele foi criado há 20 anos e só cresceu por causa da adimplência dos pequenos empresários.

(foto: Pedro Kirilos/O Globo)


Um comentário

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 9 de dezembro de 2016 – 11:03 hs

    Esse cidadão, com seu discurso liberal e tal, foi o mais votado em Curitiba em 1989 para presidente e cuja votação no Paraná foi a causa do fracasso de Brizola em chegar ao segundo turno, acabou como vassalo do socialismo de quinta categoria, lambendo as botas do lulopetismo. Agora, foi premiado com a presidência do Sebrae, cargo cujo salário e mordomias dá inveja aos CEOs das maiores empresas multinacionais, custeado por contribuições compulsórias arrancadas das empresas brasileiras, integrante deste famigerado sistema S, conhecido cabide de emprego e sinecuras régias para empresários fracassados e falidos. Isso é Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*