Mac Donald desautoriza Míriam Gonçalves | Fábio Campana

Mac Donald desautoriza
Míriam Gonçalves

unnamed

O secretário Ricardo Mac Donald (Governo), apontado como prefeito de fato de Curitiba, disse que os decretos assinados pela vice-prefeita Míriam Gonçalves (PT), na viagem de Gustavo Fruet (PDT), não têm validade, porque não foram publicados no diário oficial. Um deles trata da declaração de utilidade pública para fins de desapropriação e habitação popular de uma área de 210 mil metros quadrados na CIC.

“São processos complexos que foram feitos sem fundamento, sem justificativa; não seguiram a norma da publicação de atos da prefeitura. Foi um negócio feito de afogadilho, no voluntarismo e visando prejudicar o prefeito”, alegou Mac Donald no Bem Paraná. Segundo ele, os decretos não foram publicados em razão da manutenção no sistema que já havia sido programada anteriormente.

Míriam rebateu negando intenção política com os decretos e afirmando que assinou os mesmos dentro da competência que tinha como prefeita interina. “Qualquer questionamento jurídico poderia ser feito após a publicação, jamais antes”, alegou em nota.


2 comentários

  1. henry
    terça-feira, 6 de dezembro de 2016 – 13:11 hs

    UMA PERGUNTA: “esta loira” TÁ CHUPANDO LIMÃO? OU A CARA DELA É ASSIM MESMO.

  2. Walter Bergasse
    terça-feira, 6 de dezembro de 2016 – 15:09 hs

    Obrigado Senhor, por livrar-nos, em primeiro de janeiro, dessas pragas chamadas Fruet Facebook, Ricardo Rato Donald e Mirian Cumpanhêra Gançalves!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*