Clóvis Costa recebe maioria dos votos, mas eleição de ouvidor de Curitiba fica para 2017 | Fábio Campana

Clóvis Costa recebe maioria dos votos, mas eleição de ouvidor de Curitiba fica para 2017

eleitos_-_cc_952a9804

O advogado Clóvis Costa, atual Ouvidor de Curitiba, recebeu a maioria dos votos, mas a eleição para o cargo ficará para a próxima legislatura conforme decisão de agora há pouco da Câmara de Vereadores. Clóvis Costa recebeu 16 votos, o advogado Maurício Arruda, 12, e advogado Gustavo Athayde, dois votos. Para ser efetivado ao cargo, o novo ouvidor precisa de 20 votos entre os 38 vereadores.

Um requerimento de Chico do Uberaba (PMN), aprovado pelos vereadores, adiou a eleição para 2017. Conforme a decisão, Clóvis Costa, Maurício Arruda e Gustavo Athayde estão automaticamente inscritos para o novo pleito que deve acontecer em fevereiro.

A eleição de ouvidor ficou marcada pela tentativa frustrada do prefeito Gustavo Fruet (PDT) de tentar impor seus dois candidatos: o atual vereador Pedro Paulo e o secretário Fernando Guedes (Trabalho) que sequer passaram no primeiro turno para compor a lista tríplice dos finalistas.

(foto: CMC)


2 comentários

  1. LUIZ EDUARDO HUNZICKER
    quinta-feira, 8 de dezembro de 2016 – 16:18 hs

    Ao fechar as cortinas do seu mandato o Fruet quer emplacar um apadrinhado num cargo bem aquinhoado. O que é isso Fruet, você mudou muito, para PIOR. Seja ético e moral e deixe esta providência para o gordo Greca. Afinal, em menos de 1 mês você estará fora da Prefeitura. Seja sensato, cara.

  2. João Silva
    quinta-feira, 8 de dezembro de 2016 – 21:53 hs

    Grande Athayde para ouvidor…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*