Trabalhadores protestam contra PEC | Fábio Campana

Trabalhadores protestam contra PEC

protest

Desde o início da manhã deta sexta-feria (11), trabalhadores em Curitiba protestam contra a Proposta à Emenda de Constituição (PEC) 241, que limita os gastos púbicos por 20 anos .

Por volta do meio-dia, cerca de 500 pessoas se reuniram na Praça Santos Andrade onde realizaram o protesto. Além dos trabalhadores de várias áreas, estudantes secundaristas também participaram do ato. As informações são do Bem Paraná.

Responsável pela organização, a Central Única dos Trabalhadores (CUT) diz que a convocação para a manifestação é nacional, e que o protesto já ocorre em pelo menos 12 estados e no Distrito Federal (DF).


15 comentários

  1. Doutor Prolegômeno
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 16:32 hs

    Trabalhadores???? Hoje é sexta-feira, um dia útil. Trabalhadores trabalham em dias úteis, como deve ser. Esses são pelegos ou qualquer outra coisa, menos trabalhadores.

  2. Juca
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 17:17 hs

    Trabalhadores protestam, não. Quem protesta é a turma comandada pelo PT, porque trabalhador está trabalhando na sexta feira e muitas vezes, no sábado e com medo de perder o emprego. Essa turma é PT, MST e outras pragas que infestaram o país.

  3. Artur
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 17:44 hs

    A impressão que tenho é que no meio desse grupo de protesto, poucos podem ser chamados de trabalhadores de fato! a maioria são pelegos e lúmpens que sempre se encostaram em sindicatos ou boquinhas franqueadas por políticos. Os intitulados de estudantes, poucos o são de fato, a maioria está se exercitando para ser sindicalista, líder comunitário, ou traduzindo em miúdos, está procurando uma boquinha para se encostar!
    “Para essa turma a melhor coisa que poderia acontecer seria que o mundo terminasse em barranco para que eles pudessem morrer encostados!!!!

  4. Antonio F da Silva
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 17:47 hs

    Vão trabalhar seus vadios. A mamata vai acabar, sem dinheiro do Governo do PT vão se ferrar.

  5. LUIZ EDUARDO HUNZICKER
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 18:38 hs

    Então, os senhores são favoráveis ao corte e aos benefícios que o trabalhador conquistou À DURAS PENAS, tanto no que diz respeito ao trabalhador na ativa e ao aposentado? Porque 20 anos? Como um presidente ilegítimo vai ditar regras para futuros presidentes? Tem que ir para a rua sim. Este governo está impondo um tom ditatorial aos brasileiros, no entanto, quem colocou o país neste buraco, senão os políticos e empresários? Batam palmas para o carrasco Temer e seus asseclas denunciados por vários tipos de crimes já praticados e ainda não julgados pena lentidão do STF. Há casos claros e repetitivos, tipo Ricardo Barros, Romero Jucá e outros. O próprio Temer está sendo acusado de receber 1 milhão. Moral não existe. Ética também não. O povo está correto de manifestar-se e demonstrar seu descontentamento e desaprovação ao governo indireto Temer.

  6. RR
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 18:45 hs

    Trabalhador ?, onde ?,aí só tem vagabundo.

  7. marcio ferreira
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 19:02 hs

    Segundo Roberto Campos, no Brasil temos:
    -Trabalhadores que não trabalham,
    -Estudantes que não estudam,
    -Intelectuais que não pensam.

  8. Do interior
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 19:41 hs

    Estes são aqueles que são a favor do Brasil todo para LuLLa?

  9. sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 20:13 hs

    Onde vcs estão vendo trabalhador protestando? Trabalhador não tem tempo de protestar, sai de casa de manhã e chega às 20:00hs, não chamem esse povo de trabalhador não, é ofensa ao povo de bem os verdadeiros trabalhadoees

  10. Pedro Paulo
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 20:26 hs

    Fora pelegada do Pt, vão trabalhar seus vagabundos. Além de tudo ainda ficam atrapalhando a volta pra casa do trabalhador de verdade. Atrapalham o direito de ir e vir do cidadão que paga seus impostos. Bando de parasitas.

  11. Helena
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 22:13 hs

    concordo com todos os comentários acima e acrescento que são liderados pelo CUT, UNE, APP, políticos paranaenses petistas e os esquerdas falidos e toda sua pelegada.

  12. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 11 de novembro de 2016 – 22:35 hs

    São padeiros, porteiros de boates, acendedores de lampiões de gás, baristas, sabe, esses trabalhadores noturnos que tem a manhã – e o dia todo – livres, para se manifestarem.

  13. Gardel
    sábado, 12 de novembro de 2016 – 8:30 hs

    Os ptralhas e seus satélites necessitam levar borrachadas no lombo.

  14. A CULPA E DO FHC
    sábado, 12 de novembro de 2016 – 11:01 hs

    ENQUANTO HOUVER NO BRASIL O FINANCIAMENTO PÚBLICO DE GRUPOS DE ESQUERDA – CUT, UNE, MST, ESTAREMOS EXPOSTOS A ESSE TIPO DE SITUAÇÃO.

    NÃO DÁ MAIS PARA QUE OS NOSSOS TRIBUTOS CONTINUEM PAGANDO PARA QUE VADIOS FIQUEM PROMOVENDO A DESORDEM!!

    FICAREMOS REFÉNS DESSES “VERMELINHOS” POR FORA E CAPITALISTAS POR DENTRO, QUE QUEREM SE PERPETUAR NA MAMATA DO DINHEIRO PÚBLICO, DA CONTRIBUIÇÃO DE CADA BRASILEIRO.

  15. LENZA TOLEDO
    sábado, 12 de novembro de 2016 – 12:28 hs

    Vamos ver se essa turma fará protestos no domingo(?).

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*