Seis taxistas detidos por depredar carro do Uber | Fábio Campana

Seis taxistas detidos por depredar carro do Uber

noticia_972834_img1_uber

Do Bem Paraná

A noite de quinta-feira (3) foi de confronto entre motoristas do Uber e taxistas em Curitiba e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Tudo começou, segundo testemunhas, quando motoristas de táxi agrediram um motorista do Uber no aeroporto Afonso Pena. Em seguida, a Polícia Militar foi chamada. Os taxistas foram pegos na Rua Rocha Pombo e enfrentaram os policiais. Seis acabaram detidos por dano ao patrimônio, suspeitos de depredarem um veículo do Uber. Eles assinaram Termo Cirunstanciado e foram liberados em seguida.

Ao mesmo tempo, sabendo da violência no Afonso Pena, os motoristas de Uber se reuniram na Praça do Afonso Botelho, no Água Verde, e seguiram em carreata até o Aeroporto. Cerca de 100 carros do Uber chegaram a bloquear a Avenida das Torres em protesto contra a violência dos taxistas. A polícia foi chamada, mas o grupo se dispersou e não houve confronto ou prisão.


Um comentário

  1. Dosel Jr.
    sexta-feira, 4 de novembro de 2016 – 12:33 hs

    Aos poucos vou acreditando que os taxistas, no lugar de melhorar seu serviço, se vestir mais higiênicos e não fazer itinerário fictício para aumentar o valor da corrida, encontram na violência uma fuga para a falta de preparo para enfrentar uma concorrência. E tem mais:, a maioria dos taxistas possuem até cinco placas e exploram terceiros que na verdade é quem trabalham para eles. É o chamado cartel da categoria que começa a ser desmanchado. Tem vereador na Câmara que é favor dos taxistas na frente deles e pelas costas pensam diferente e até usam o Uber para seus funcionários. Tudo por que o Uber não está tirando o lugar de ninguém, apenas oferecem serviço melhor.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*