Greca apresenta a Temer projetos para saúde de Curitiba, RMC e Litoral | Fábio Campana

Greca apresenta a Temer projetos para saúde de Curitiba, RMC e Litoral

greca_rochaloures

O presidente Michel Temer recebeu nesta quinta-feira, 24, em Brasília, o prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca (PMN), para avaliar projetos de saúde pública para a capital paranaense e as cidades da região metropolitana e do litoral. “O presidente Temer nos chamou – a mim e ao futuro secretário (Carlos) Baracho (Saúde) – de novo ao Palácio (do Planalto) para uma reunião resolutiva”, disse Greca que propôs “um novo horizonte para a Saúde Pública de Curitiba e da Região Metropolitana e Litoral”, disse o prefeito ao se encontrar com o chefe das Relações Institucionais da Presidência, Rodrigo Rocha Loures.

Antes, na sede da Organização Pan Americana de Saúde, em Brasília, Greca se encontrou com o ministro Ricardo Barros. “Uma reunião com o ministro Ricardo Barros sobre aumento dos valores de contratualização dos hospitais de Curitiba e planos para dar eficiência ao SUS metropolitano. Vamos começar o ano com uma grande campanha de combate à dengue”, disse.

Sobre outros projetos, como metrô, Greca adiantou que pretende terminar, primeiro, as obras já começadas como a Linha Verde. “Temos que ser realistas com o momento brasileiro e terminar bem o que está começado”, completou o prefeito.


3 comentários

  1. JOHAN
    sexta-feira, 25 de novembro de 2016 – 9:54 hs

    Caro FÁBIO, o prefeito eleito GRECA, com essa informação manifestada indica que está descontente com os representantes parlamentares deputados federais da região metropolitana de Curitiba e litoral, considerando apenas essa região citada. Sendo assim já está colocando seu nome a disposição como candidato a governador em 2018, em razão de que não conhece atualmente candidato a opor-lhe resistência, visto que conta com o apoio do PMDB local. Atenciosamente.

  2. juca
    sexta-feira, 25 de novembro de 2016 – 13:48 hs

    Primeiro o Temer não conversou com Greca, pois saiu rápido para “resolver” um probleminha” no Congresso.
    Agora como ficam as proposta do Greca quando candidato, de limpar a cidade em 180 dias, asfaltar as ruas que visitou nos bairros, solucionar o problema da fila na saúde das especialidades, essas aí só para começar e tem muito mais promessas que logo a população irá começar a cobrar. Quais serão as justificativas por não conseguir cumprir o prometido em campanha?

  3. SOLANGE LOPÉS
    sexta-feira, 25 de novembro de 2016 – 14:35 hs

    O alcaide eleito está fazendo olhar de paisagem para o compromisso que assumiu com o eleitorado de Curitiba que, assim que terminasse as eleições, ele imediatamente abriria a sua chácara em Piraquara.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*