Em Foz, vice bancou 74,2% da candidatura impugnada de Mac Donald | Fábio Campana

Em Foz, vice bancou 74,2% da candidatura impugnada de Mac Donald

camilo-rorato

O empresário e hoteleiro Camilo Rorato, candidato a vice do PSDB, injetou R$ 230,6 mil na candidatura impugnada de Paulo Mac Donald (PDT) a prefeito de Foz do Iguaçu. O montante representa 74,22% dos R$ 314,1 mil durante a campanha eleitoral encerrada no último dia 02 de outubro.

Os dados estão relatados no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e podem ser conferidos AQUI. Mac Donald informou ter doado a própria campanha R$ 62 mil. Das cinco fontes de arrecadação da chapa constam ainda R$ 8 mil de Hildegard Ortrud Litzinger Ghisi, R$ 5 mil de Alceu Antimo Vezozzo Filho e R$ 2,5 mil de Luiz Aparecido de Araujo.

O registro de candidatura do ex-prefeito foi indeferido pelo juiz Marcos Antonio Frason, titular da 46ª Zona Eleitoral de Foz do Iguaçu. Mac Donald tem duas condenações em segunda instância, condição que o tornam inelegível. Mesmo assim, ele recorreu da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR), onde perdeu duas vezes pelo placar de 6 votos contrários e nenhum favorável.

Como última alternativa, Mac Donald recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde vem usando de vários recursos para retardar a votação do parecer do relator, o desembargador Herman Benjamin.

No último dia 18 de outubro, a Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) deu parecer contrário ao recurso especial do ex-prefeito. O despacho do vice-procurador-Geral do Ministério Público Federal, Nicolao Dino, pode ser acatado corte.

(foto: arquivo/Google)


Um comentário

  1. Joziane Schulz
    sexta-feira, 4 de novembro de 2016 – 23:24 hs

    vai afundar com as finanças da família, é muito soró mesmo

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*