Caminhoneiros fecham rodovia em protesto contra PEC do Teto | Fábio Campana

Caminhoneiros fecham rodovia em protesto contra PEC do Teto

caminhao

Na BR-277, no trecho à cidade de Guaraniaçu, Oeste do Paraná, caminhoneiros bloquearam a rodovia em protesto contra PEC do Teto de gastos públicos, aprovada na Câmara dos Deputados, e em discussão no Senado.

(fotos: Orlando Kissner e Rogério Machado/ANPr)


5 comentários

  1. Branco Véio
    terça-feira, 29 de novembro de 2016 – 16:53 hs

    Camionero tem mutcho a vê com a tal PEQUI DOS TETO!! Camionero é tudim impregado du guvernu!!!

  2. Junior
    terça-feira, 29 de novembro de 2016 – 17:04 hs

    Meu Deus do céu!
    Sem pretender qualquer ofensa a quem quer que seja mas, o que caminhoneiro entende de macroeconomia para fazer este tipo de protesto.
    Alguma dúvida que isso e ideia de jerico de sindicalista de esquerda que só quer tumultuar ainda mais o nosso já muito bagunçado país.

  3. Jair Pedro
    quarta-feira, 30 de novembro de 2016 – 7:51 hs

    Meu Deus!
    Sou um caminhoneiro, tenho 66 anos, e fico atordoado, abestado em ver colegas fazendo esse tipo de protesto.
    Duvido que um desses colegas tenha entendido ou tenha a capacidade de entender teor dessa PEC, ou ainda, tenha lido uma única linha que seja a respeito do assunto. Que me desculpem, até porque pouco estudo tenho, mas são “massa-de-manobra” de algum espertalhão,
    O repórter que fez esta matéria deveria sim, perguntar para esses colegas o quê eles tem a propor ou apresentar para que a situação desse nosso Brasil possa melhorar.

  4. Sergio Silvestre
    quarta-feira, 30 de novembro de 2016 – 13:33 hs

    Não é PEC sua Anta,é os pedágios escorcheantes,aqui no Parana o negocio já virou roubo mesmo.

  5. luiz antonio
    quarta-feira, 30 de novembro de 2016 – 14:43 hs

    Mas não tem uma lei que o caminhoneiro que fizer bloqueio de estrada leva uma multa diaria de 5.000,00 cade as autoridades para fazer cumprir. Ficam nas estradas bloqueando e atrapalhando os outros que querem trabalhar, tem que dar jeito nisto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*