Reajustes desiguais | Fábio Campana

Reajustes desiguais

unnamed

O repórter Fernando Jasper na Gazeta do Povo deste sábado, 15, atenta que de 2004 a 2014, a remuneração dos servidores públicos estaduais e municipais aumentou 54% e 46% acima da inflação, respectivamente, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No mesmo período, o salário médio do setor privado teve ganho real de 38%. O trabalho sugere que a maior pressão sobre os gastos com pessoal veio dos aumentos salariais, e não da contratação de servidores.


5 comentários

  1. eleitor desmemoriado.
    domingo, 16 de outubro de 2016 – 18:41 hs

    Para tal constatação não é necessária nenhuma reportagem desta gazeta, é só falar com qualquer servidor municipal e estadual para ver quanto ganham. Uma fortuna para trabalharem pouco, refiro-me ao pessoal do Estado, ou alguma coisa, referindo-me ao pessoal do município. O que precisamos é acabar de vez com esta praga que é a “estabilidade no emprego”, um mal desnecessário que só veio piorar o que já era ruim.

  2. Dosel Jr.
    domingo, 16 de outubro de 2016 – 20:27 hs

    Prestem atenção na bandeira que esta mulherzinha,professora certamente,desfralda orgulhosa…

  3. Luana
    domingo, 16 de outubro de 2016 – 22:08 hs

    Nao esquecer o reajuste em junho de 2014, dado aos funcionário da Secretaria da Fazenda e alguns da Secretaraia de Planejamento, que passaram integrar o quadro da Secretaria da Fazenda, com a criacao dos AGENTES FAZENDÁRIOS, Lei 18107 – 09 de Junho de 2014, cujo a aumento ficou na casa de 80%. Lei esta que beneficou inclusive os aposentados a partir de 2002.
    num calculo rápido so para exemplificar: O iniciais

    de apoio (ensino fundamental) era de R$ 834,92 passou para R$ 1,502,86 diferença de R$ 667,34.

    de execução (ensino médio) era de R$ 1.252,38 passou para R$ 2.254,24 diferença de 1.001,86.

    de Profissional (ensino superior) era de 3.005,69 passou para R$ 5.410,56 diferença de R$ 2.404,56.

    Outras secretrarias como o Planejamento e Administração, ainda aguardam serem contemplados.

  4. alguém
    segunda-feira, 17 de outubro de 2016 – 9:54 hs

    Aonde foi aplicado tal aumento? Servidores Municipais??? Hahahahahahahahahahahaha. Sou servidora muncipal e não foi bem assim não! Só se para alta cúpula da Prefeitura ou para os comissionados, que fazem o mesmo trabalho e ganham 3, 4, 5 vezes mais do que o concursado. Isso sim tem que acabar! Esses são os verdadeiros “servidores” que não fazem nada e oneram as contas públicas.

  5. Caiçara do Litoral
    segunda-feira, 17 de outubro de 2016 – 12:13 hs

    Este movimento não é legítimo dos professores, estão sendo monitorados pelo PT, PCdoB e MST. Que vergonha em Professores !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*