PSDB de Curitiba abre processo contra Galdino, que pode ser expulso | Fábio Campana

PSDB de Curitiba abre processo contra Galdino, que pode ser expulso

professor-galdino

O presidente do PSDB de Curitiba Juraci Barbosa Sobrinho encaminhou carta ao presidente da Câmara de Vereadores de Curitiba, Aílton Araújo, repudiando as agressões cometidas pelo vereador Professor Galdino (PSDB). Ele também informou que determinou a abertura de processo disciplinar no Conselho de Ética do partido para apura os fatos que, se confirmados, podem resultar na expulsão do vereador do partido. As informações são do Bem Paraná.

“Afirmo com veemência que o PSDB de Curitiba repudia não só a falta de decoro, mas principalmente as agressões físicas, especialmente contra mulheres, motivo pelo qual já determinei ao Conselho de Ética do Diretório Municipal a abertura de processo disciplinar para apurar os fatos, que, se confirmados, resultarão na expulsão do filiado infrator. Informo também que o PSDB Mulher já encaminhou à Presidência da Comissão Executiva requerimento de apuração dos fatos e aplicação de sanções disciplinares ao Vereador”, escreveu Barbosa Sobrinho.

O vereador Professor Galdino foi detido agora há pouco pela Guarda Municipal na Câmara Municipal de Curitiba após ser acusado de agressão contra a vereadora Carla Pimentel (PSC). Ele foi levado para o 1º Distrito Policial, segundo a assessoria da Câmara Municipal de Curitiba.

Segundo a assessoria da Prefeitura de Curitiba, duas viaturas, uma delas da Patrulha Maria da Penha, foram enviadas ao local. Os guardas conduziram Galdino, acompanhado de um assessor parlamentar, para o 1º DP, onde o vereador aguarda para prestar depoimento. A vereadora Carla Pimentel também está no local para registro de ocorrência e depoimento.

A assessoria do vereador Galdino informou que o vereador foi apenas conduzido pela Guarda e que logo após o depoimento deve ser liberado. Galdino está acompanhado do advogado e de um assessor.

Antes, na sessão, vereadora pediu a palavra e “afirmou que foi agredida pelo vereador Professor Galdino”. Conforme a vereadora, “ela estava na sala ao lado, quando foi agredida física, psicológica e moralmente pelo Professor Galdino. Tenho testemunhas, dois vereadores intervieram e um terceiro presenciou tudo”, como revela vídeo.

(foto: internet)


10 comentários

  1. FCarraro
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 15:19 hs

    Reação imediata do presidente do PSDB, demonstrando não tolerar ou compactuar com atitudes desequilibradas deste nefasto ser. Muito bem presidente do PSDB de Curitiba Juraci Barbosa Sobrinho, ação justa e perfeita.

  2. LENZA TOLEDO
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 15:23 hs

    É bom que seja expulso mesmo.

  3. medonho
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 15:41 hs

    O Galdino não tem culpa de ter sido incorporado pela “pomba Gira”
    e quase todos os incrédulos estão sujeitos.
    Um desejo incontido, maior que a razão é sinal de psico-desvio

  4. Manoel Rios
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 16:47 hs

    Desde que seja verídico o vereador deverá ser expulso do partido e cassado.É lamentável uma agressão a quem quer que seja,principalmente em se tratando de uma mulher !!!! Além dos políticos corruptos existem os agressores. Onde iremos parar????

  5. parana neto
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 18:59 hs

    ….Antes tarde do que nunca…só num país como Brasil uma figura dessas se elegeu com 12.000 votos….em 2012…!!!!!!
    …UMA VERGONHA,,,!!!!…
    …prof. pn. –

  6. Pirado
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 19:16 hs

    Mas bah, que sorte tem esse Beto Richa!!! Finalmente vai se livrar desse MALA SEM ALÇA!!! Não precisa mais passar vergonha alheia, ficar vermelho em público, quando esse…”professor” aparece com aquele teatro ridículo!!! Xô!!!

  7. Marcelo
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 19:34 hs

    O professor Galdino está trabalhando normalmente na Câmara de Curitiba.
    Tentaram armar para cima dele mais uma vez e se deram mal.
    Parabéns Galdino pelo que o senhor é.
    E este Juraci Barbosa do PSDB nunca foi com sua cara mesmo (é um lobo travestido em pele de cordeiro)
    Parabéns também para a Delegada da Delegacia da Mulher que viu “mutreta dos mal – intencionados” . e liberou o Galdino

  8. Macambúzio
    quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 20:35 hs

    Será que estamos diante de mais um caso parecido com o do Feliciano? Já tinha um monte de gente pedindo a prisão e a cassação do tal deputado, e no fim não era bem aquilo que falaram!!! Que se investigue direito isso aí!!!

  9. quarta-feira, 14 de setembro de 2016 – 21:14 hs

    Muito bem PSDB! Tem que investigar mesmo e não apoiar e premiar como faz o PT e Cia

  10. Ataide
    quinta-feira, 15 de setembro de 2016 – 0:25 hs

    É muito difícil para entender como ainda existem pessoas em Curitiba, que ainda votam num imbecil como é esse sujeito. Não tem a mínima condição de nos representar na Câmara Municipal.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*