Profissionais da assistência social firmam pacto com Rafael Greca | Fábio Campana

Profissionais da assistência social firmam pacto com Rafael Greca

unnamed
Profissionais da assistência social firmam pacto com Rafael Greca para uma Curitiba melhor

Profissionais da assistência social e educadores sociais de Curitiba entregaram a Rafael Greca, candidato à Prefeitura de Curitiba, na noite desta segunda-feira (26), um plano de assistência social e redução da pobreza na capital. O documento que traça ações para atendimento e reinserção das pessoas que vivem em vulnerabilidade e risco social foi entregue durante encontro que reuniu aproximadamente 300 pessoas, no Hotel Caravelle, centro da cidade.

Participaram da reunião, representantes das duas categorias, trabalhadores do resgate social de Curitiba e lideranças comunitárias, profissionais que ajudaram a construir a política de assistência social que garantiu a Curitiba o título de capital que mais reduziu a pobreza no país, durante a gestão de Beto Richa, entre 2005 e 2010.

A formulação do plano de metas, de acordo com os assistentes sociais, tem o objetivo de resgatar as boas ações e programas da assistência social e de emancipação das famílias mais carentes que eram desenvolvidos na capital e que foram abandonados pela gestão de Gustavo Fruet.

Rafael Greca agradeceu o apoio e garantiu que assim que assumir a Prefeitura, Curitiba voltará a ter o serviço social que fez da capital um exemplo para o país, resgatando os que mais precisam e reinserindo todas as pessoas que buscam o apoio do poder público para a conquista da emancipação social. “Justiça social é um direito de todos vocês que são os profissionais da construção das políticas públicas de cidadania e promoção social”, disse.


4 comentários

  1. Politicamente incorreto
    terça-feira, 27 de setembro de 2016 – 11:31 hs

    Parabéns a esses servidores que estão aí aparecendo na foto e dando a cara para bater!!! Essa gestão atual está sendo terrível para nós servidores municipais.
    Lembrando que o Ducci não apoiou os servidores e deu no que deu….o filme se repetirá!!!

  2. Marcão
    terça-feira, 27 de setembro de 2016 – 17:27 hs

    Depois das últimas atuações do Rafinha , a classe vai ter que rever este pacto

  3. Dosel Jr.
    terça-feira, 27 de setembro de 2016 – 18:19 hs

    Perguntem a um destes servidores o que acontece quando fazem uma abordagem para retirar das ruas e praças pessoas que foram, abandonadas pela FAS da mulher do Fruet. Sem querer ofender ninguém é mais do que lógica que estas pessoas, por não tomarem banhos e não trocarem de roupas, só pode ter cheiro desagradável. A mulher do prefeito, a jornalista Marcia, não sabe disto porque ela nunca foi às ruas na calada da noite e altas madrugadas como estes servidores fazem. O Greca, quando prefeito, tinha a Fazenda da Solidariedade, se não estou enganado era este o nome, num município da RM para receber, arrumar documentos e até qualificar estes seres desprovidos da sorte.Pergunte ao Fruet o que ele fez para esta gente.

  4. Zé Alguém
    terça-feira, 27 de setembro de 2016 – 22:44 hs

    Nessa área dá para nadar de braçada, ninguém suporta a márcia fruet.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*