Manifestantes contra Temer depredam prédios e ônibus em Curitiba | Fábio Campana

Manifestantes contra Temer depredam prédios e ônibus em Curitiba

golpe

Um grupo de manifestantes contrários ao presidente Michel Temer (PMDB) promoveu um ato em Curitiba, na noite desta quinta-feira (1). Contudo, segundo testemunhas, houve pichações e depredações.

O protesto foi marcado através de redes sociais por um grupo chamado Coletivo CWB Contra Temer. Os organizadores não informaram quantos manifestantes havia; a polícia militar calculou em 400 pessoas.

A concentração do ato foi na Praça 19 de Dezembro, a partir das 18 horas. Dali, os manifestantes percorreram ruas do Centro de Curitiba, em direção à rua Marechal Deodoro e à Boca Maldita. Na Boca Maldita, manifestantes cantavam “Presidente sem voto” ao ritmo de uma música do White Stripes. Na Marechal, ônibus foram pichados. As informações são do Bem Paraná.

Alguns foram na direção oposta, rumo ao prédio da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Ali, pessoas mascaradas fizeram pichações nas janelas e algumas vidraças foram quebradas.

Na quarta-feira (31), horas após a confirmação do impeachment da presidente Dillma Rousseff e da posse de Michel Temer como presidente, Curitiba também foi palco de protestos. Cerca de mil pessoas ocuparam as vias públicas. Mas não houve incidentes. A PM acompanhou à distância.


11 comentários

  1. medonho
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 8:36 hs

    Estes vandalos ou até os descomissionados petistas, protestar depredando o bem alheio é crime, barbarismo deveriam ser punidos.
    E as autoridades como podem permitir tais abusos.

    Se continuar assim esta conivencia, os militares irão acordar

  2. SOMBRA
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 9:06 hs

    Cana neles.

  3. Professor Indignado
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 9:33 hs

    É a turma da APP-sidicato é só puchar a ficha ‘” Professores”

  4. EU COBRO
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 10:17 hs

    ora bolas, que a PM repita a dose de quando essa mesma corja vandalizou na ocasião da votação do plano da previdência. e se puder com mais força e rigor dessa vez, e cada vez que isso acontecer.

  5. Macambúzio
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 10:32 hs

    Como assim, “presidente sem voto”? O omi feiz 54 milhão de voto, inguar quenem a Burra Inocenta!!!

  6. Iara
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 10:50 hs

    Depredar ponto de ônibus, ônibus, quebrar janelas do jornal gazeta do povo, não sei no que isso ajuda a democracia ou a Dilma, já a conta a gente sabe pra quem sobra….

  7. sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 12:33 hs

    Manifestantes??? onde ? quem ? Sãos TERRORISTAS

  8. sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 12:35 hs

    SÃO TERRORISTAS

  9. mar1
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 13:18 hs

    Simples. É só os lesados levantarem todo o prejuízo e mandar a conta para o diretório do PT em Curitiba. Nunca mais haverá depredação política, seja de qual partido for.

  10. RR
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 13:54 hs

    MANDA BALA NESSA ESCÓRIA,AI NINGUÉM É GENTE.

  11. BETO
    sexta-feira, 2 de setembro de 2016 – 16:24 hs

    Bando de vagabundos, desocupados e baderneiros. Ai esta a verdadeira imagem do PT. Não serve para esses desocupados o exemplo da Venezuela e Bolívia. Não tivessem mandado esta palhaça incompetente pra casa, logo seríamos uma Venezuela a Brasileira. estes fanáticos imbecis não conseguem ver o quanto o PT fez mal ao Brasil. Acabaram com a economia, com a autoestima do cidadão de bem, arrebentaram os sonhos de milhões de brasileiros e estes imbecis aplaudem o pateta Lula que enfiou no rabo dos brasileiros esta merda chamada Dilma. Acordem e deixem o Brasil crescer, seguir seu rumo dentro de uma Democracia e não em uma Ditadura Fascista como quer Lula, Dilma, Gleise e outros idiotas. pro inferno fascistas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*