É a eleição da renovação, de passar o País a limpo, diz Rossoni | Fábio Campana

É a eleição da renovação, de passar o País a limpo, diz Rossoni

O CHEFE DA CASA CIVIL VALDIR ROSSONE EM ENTREVISTA SOBRE A LDO.

O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, disse que as eleições municipais deste domingo, 2 de outubro, ganharam uma dimensão muito importante porque acontecem num período de transição e de mudanças positivas no Brasil. “É a eleição da renovação, de colaborar para passar o País a limpo. O eleitor tem essa oportunidade de ouro – e deve escolher quem melhor vai cuidar da sua cidade”, afirmou.

Rossoni lembra que os eleitos recebem uma procuração da população para administrar o dinheiro dos impostos dos contribuintes. “Por isso, os eleitores precisam analisar com muito cuidado em quem votar, saber da história, conhecer o trabalho, confiar nele”, alertou.

Esses cuidados autorizam que depois, segundo Rossoni, se faça a cobrança e fiscalização do que está sendo feito, para evitar tanta corrupção. “Estamos saindo de um período negro da história do Brasil e o voto de confiança que será dado domingo é importante para mudar mais rapidamente isso”, afirmou.

O chefe da Casa Civil deseja sorte aos candidatos e recomenda tranquilidade, “especialmente nesta reta final em que os ânimos ficam acirrados e quando proliferam ataques, notícias maldosas e montagens que se espalham pelas redes sociais”.

Rossoni vota em Curitiba e disse que vai comentar os resultados das eleições em transmissão ao vivo pelo facebook (https://www.facebook.com/valdir.rossoni). “Vou acompanhar a apuração de todos os municípios do Paraná e convido meus seguidores para, por volta das 22 horas, conversarmos sobre os prefeitos e vereadores eleitos.”

(fotos: Orlando Kissner/ANPr)


2 comentários

  1. renato cabide
    sexta-feira, 30 de setembro de 2016 – 21:08 hs

    Que beleza! Então o Ronconi está com o Fruet! Eu sabia que um macaco velho desses não ia se agarrar em galho podre como o Greca!

  2. Carlos Augusto
    sábado, 1 de outubro de 2016 – 8:47 hs

    O problema é que os candidatos não empolgam, são ruins e nos deixam a.certeza de que pouco ou nada vai mudar

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*