Procuradoria denuncia Paulo Bernardo por propina R$ 100 milhões | Fábio Campana

Procuradoria denuncia Paulo Bernardo por propina R$ 100 milhões

paulo-bernardo-FOTO-DIDA-SAMPAIO-CORTE-750-620x350

O Ministério Público Federal, em São Paulo, denunciou o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo (Governo Lula) e mais 19 investigados. O grupo é acusado de montar uma organização criminosa no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão entre 2009 e 2015, responsável por lavagem de dinheiro e pagamento de propinas para o PT e diversos agentes públicos e privados, que superam os R$ 100 milhões. As informações são do Estadão.

O sistema de pagamento de propina, segundo a Procuradoria da República, envolveu a celebração de um Acordo de Cooperação Técnica entre a Pasta e duas entidades representativas de instituições financeiras, a Associação Brasileira de Bancos e o Sindicato Nacional das Entidades Abertas de Previdência Complementar para a contratação da empresa Consist em 2010.

O esquema de propina funcionou até 2015 e custou cerca de 70% do faturamento líquido da empresa, que criou um software para a gestão dos empréstimos consignados de servidores do Poder Executivo Federal.

Foram oferecidas três denúncias pela Procuradoria, que resultam da Operação Custo Brasl, deflagrada em 23 de junho, desdobramento das fases 17 e 18 (Pixuleco 1 e 2) da Operação Lava Jato. As denúncias são de autoria dos procuradores da República Andrey Borges de Mendonça, Rodrigo de Grandis, Sílvio Luís Martins de Oliveira e Vicente Solari de Moraes Rego Mandetta da força-tarefa da Custo Brasil.

A primeira e a mais ampla denúncia trata dos crimes de organização criminosa, corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro e obstrução da investigação. Essa acusação abarca Paulo Bernardo e mais 12 investigados e trata dos fatos relacionados à organização criminosa que, segundo a força-tarefa, foi criada em torno do contrato da empresa Consist no âmbito do Ministério do Planejamento.

Na Pasta, afirma a Procuradoria, o esquema envolvia o pagamento de propinas para agentes públicos diretamente implicados com a estruturação do Acordo de Cooperação Técnica e sua manutenção.

A propina, de acordo com a denúncia, era paga para que a Consist fosse mantida como a prestadora do serviço. Neste bloco de agentes públicos, além de Paulo Bernardo, a denúncia alcança Nelson Luiz Oliveira Freitas – que está preso -, diretor do departamento de administração de sistemas de informação.

O esquema também envolvia diretamente Duvanier Paiva, secretário de Recursos Humanos, que morreu em janeiro de 2012.

COM A PALAVRA, A ADVOGADA VERÔNICA A. STERMAN, QUE REPRESENTA O EX-MINISTRO PAULO BERNARDO:

“O ex-ministro Paulo Bernardo reitera que não participou ou teve qualquer ingerência na celebração ou manutenção do acordo de cooperação técnica celebrado autonomamente entre a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e as associações de Bancos e Previdência (ABBC e SINAPP). Também reitera que não se beneficiou de qualquer quantia da Consist, quer direta ou indiretamente. Por fim, espera e acredita que a Justiça reconhecerá a improcedência das acusações.”


6 comentários

  1. Tia Amélia
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 13:14 hs

    Não fez nada, inocente este senhor corrupto!!
    Igual o delinquente que entrando no camburão, diz: Não sei de nada Senhor!!

  2. Doutor Prolegômeno
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 13:22 hs

    As máscaras vão caindo. No lulopetismo será como em Sodoma e Gomorra: mostrem uma única pessoa justa e tudo será poupado. Não sobrará nada, a não ser as estátuas de sal de quem não acreditou.

  3. geraldo bocudo
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 14:36 hs

    E A DONA DA VERDADE A MAIS HONESTA DO BRASIL, DONA
    GLEISI HOFFMANN ONDE ESTÁ A MULHER DESTE SALAFRÁIO.
    NÃO É ELA QUE SE DIZ CORRETA E EM CASA COMO FICA COM
    ESSE MELIANTE. CANA PARA OS DOIS SERGIO MORO. URGENTE.

  4. henry
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 15:34 hs

    CANA PRA ESTE corruPTo, DEPOIS DE DEVOLVER OS MILHÕES ROUBADOS. PELA FEIÇÃO QUE APRESENTA, DEVE ESTAR DOENTE. QUE MORRA NA CADEIA ESTE LADRÃO DOS APOSENTADOS DE TODO O BRASIL.

  5. Matuto Feioso
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 18:56 hs

    E a Greici, seu PGR? Não me venha dizer que “ela não sabia de nada”, porque aí já é muita sacanagem!!!

  6. PORTUÁRIO
    terça-feira, 2 de agosto de 2016 – 3:12 hs

    ARRE! DOUTORA JANAINA PASCHOAL, DÊ O TRÔCO, MANDA AQUELA PESSOA FICAR CALADA, POIS É UMA CORRUPÇÃO DESPREZÍVEL (ABJETA), POIS TOMARAM A GRANA DOS APOSENTADOS; EM QUALQUER OUTRO PAÍS DO MUNDO SERIA PRISÃO PERPÉTUA. KKKKKKKKKKK!!KAKAKAKAKAKAKA!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*