Pró-Dilma, Requião teve plano presidencial frustrado por Temer | Fábio Campana

Pró-Dilma, Requião teve plano presidencial frustrado por Temer

requiao (1)

Apesar de peemedebista, o senador Roberto Requião (PR), que acaba de falar na possibilidade de uma “guerra civil” caso Michel Temer seja efetivado no cargo e promova medidas impopulares, sempre esteve no lado oposto ao do presidente interino nas fileiras do PMDB. Na convenção do partido em 2010, quando Requião se apresentou como candidato da legenda à presidência, Temer acabou escolhido para ser vice na chapa encabeçada por Dilma Rousseff. O presidente interino recebeu 84% dos votos dos convencionais peemedebistas, contra 14,3% dos votos no projeto presidencial de Requião. Ao ex-governador do Paraná restou se candidatar a uma das duas vagas para senador disponíveis à época no estado. Ele acabou eleito ao lado da petista Gleisi Hoffmann, que hoje aplaudia empolgada suas críticas a Michel Temer. As informações são de João Pedroso de Campos na Veja.

(foto: Geraldo Magela/Agência Senado)


9 comentários

  1. MIGUEL
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 10:51 hs

    AGOSTO SEMPRE FOI TIDO COMO MES DO CACHORRO LOUCO….
    VAI TERMINAR COMO MES DA CADELA LOUCA DEPOSTA…

  2. medonho
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 10:52 hs

    Comportado do Senador não resta dúvida:
    mágoa , pura mágoa.
    O Brasil não tem espaço para posturas populistas, o caixa, os recursos do governo já exauriu com o projeto de poder petista.

    A postura do requião irá dificultar a entrada de recursos e financiamentos para os grandes projetos do Paraná.
    Quando damos o voto para um egocentrico , estamos abrindo mão da democracia e da vontade popular.

  3. BETO
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 11:00 hs

    Traidor do Povo Paranaense que o reelegeu por uma vida inteira e mais, uma vida inteira vivendo as custas do Estado. (sem trabalhar). Vc irá colher o que plantou Requião ao defender esta desqualificada. fora Requião, Fora filho do Requião e fora qualquer outro que queira se perpetuar no poder as custas do povo Paranaense.

  4. JÁ ERA...
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 11:58 hs

    Requião continua um político agressivo e sem nexo. Vê-lo ou
    ler alguma opinião dele na imprensa é necessário cosumir uma
    boa dose de mamona…

  5. eleitor desmemoriado.
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 15:37 hs

    O Senador Maluco não consegue se controlar, adora dar tiro no pé e caluniar os outros. Agora se entende a razão de tanto ódio, ele queria estar no lugar do Temer. Felizmente os 7 anos de vacas magras se foram junto com esta infeliz, a bonança vem aí e, com ela os empregos vem junto. O desemprego não vai acabar de hoje para amanhã, mas deste ano para o que vem.

  6. FALA SÉRIO
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 15:41 hs

    Deve estar triste. Não vai ter mais mamona pra comer. kkkkk

  7. JOHAN
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 15:46 hs

    Caro FÁBIO, a manifestação do Senador PINÓQUIÃO, comedor de mamona, mais uma vez demonstrando sinais de senilidade, afirma como incendiário que é, que agora o que virá é a “guerra civil”.
    Aguardo para saber onde será o bunker que se esconderá para fugir do barulho do tiroteio patrocinado pelas armas do MST, CUT, APPSINDICATO e também dos membros da famílias do senador. Atenciosamente. ,

  8. Caçador de Javali
    quarta-feira, 31 de agosto de 2016 – 18:51 hs

    Ainda bem que o escolhido para vice foi o Temer. Imaginem agora ter que aguentar esse porra loca do Requião, mau-educado, estúpido, arrogante, truculento, que não tem respeito a ninguém. Esse também tá acabado, principalmente depois que ele viu o prestígio dele no Paraná, na última eleição que participou. Espero que o povo de Curitiba seja esperto e não eleja o “junior” para a prefeitura.

  9. João Pesado
    quinta-feira, 1 de setembro de 2016 – 0:04 hs

    Acho que o Requião é alterego do Baiano da Foice.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*