Paulo Bernardo vira réu na Operação Custo Brasil | Fábio Campana

Paulo Bernardo vira réu na Operação Custo Brasil

bernardo

O ex-ministro Paulo Bernardo (PT) e outras 12 pessoas se tornaram réus nesta quinta-feira, 4. O juiz federal Paulo Bueno de Azevedo, da 6ª Vara Criminal de São paulo, aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal referente à Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato em São Paulo. As informações são de Eduardo Gonçalves na Veja.

Ex-ministro de Dilma e Lula, Bernardo é marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e foi denunciado pelo Ministério Público Federal de São Paulo pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele é acusado de montar e operacionalizar um esquema de fraudes na liberação de créditos consignados do Ministério do Planejamento, que teria desviado cerca de 100 milhões de reais entre 2009 e 2015 – ele foi titular da pasta de 2005 a 2011.

(foto: Herivelto Batista/Veja)


3 comentários

  1. FUI !!!
    sexta-feira, 5 de agosto de 2016 – 5:19 hs

    Agora é que a cobra vai fumar. Tanto ele quanto Lula estão contan-
    do os segundos para dar uma visitinha em Pinhais…

  2. SOLANGE LOPÉS
    sexta-feira, 5 de agosto de 2016 – 10:19 hs

    Cana para o indigitado.

  3. henry
    sexta-feira, 5 de agosto de 2016 – 10:23 hs

    ESTE É O “ladrão” DE IDOSOS(as) APOSENTADOS. TEM QUE DEVOLVER TUDO COM JUROS E CORREÇÃO. DEPOIS? CANA.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*