Lewandowski corta microfone de Gleisi | Fábio Campana

Lewandowski corta microfone de Gleisi

Gleisi Hoffmann

A repórter Catarina Scortecci, correspondente da Gazeta do Povo em Brasília, registra que a insistência da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) levou o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, que preside a sessão do impeachment no Senado, a cortar o microfone da petista. Lewandowski foi rigoroso com o tempo concedido a cada senador. Gleisi teve o microfone cortado embora tenha continuado a falar, mesmo sem ser ouvida pelo plenário todo. “Vossa excelência esgotou [seu tempo] com muito brilho. A senhora agora está sem áudio”, disse o ministro.

(foto: internet)


4 comentários

  1. AMO
    terça-feira, 9 de agosto de 2016 – 17:19 hs

    Essa desgraçada tá morrendo de medo da cadeia.

  2. Ronei
    terça-feira, 9 de agosto de 2016 – 21:56 hs

    uma vergonha para o meu Paraná

  3. Daniel Lucas
    quarta-feira, 10 de agosto de 2016 – 9:45 hs

    essa coisa é a escória humana…triste de nós que temos uma idiota para nos representar

  4. quarta-feira, 10 de agosto de 2016 – 16:20 hs

    No dia 22 de Maio conheci a Gleisi em Lisboa, no recinto da Assembleia da República, e, após o almoço, tive um dialogo, com a mesma, e foi-me solicitado que lhe enviasse um breve Dossiê sobre minha proposta para a Crise brasileira. – Foi o que fiz, enviei também aos Senadores Vanessa Grazziotin e Lindbergh Farias. E, como não obtive resposta, dos três, inseri o seguinte comentário no Facebook da Gleisi – Olá Gleisi Hoffmann, aguardo o seu comentário no e-mail, com documentos anexos, que lhe enviei no dia 18 de maio, aqui de Lisboa, lembra-se? – Pois, tenho uma proposta, muito concreta e real, para a “Crise” brasileira e portuguesa, e que está a ser ignorada e boicotada, pelo governo e a imprensa portuguesa e brasileira, aqui em Portugal, desde 2002. – O projeto de nossa Fundação Geolíngua é promover a língua Geolíngua (galego-brasileiro, mais conhecida como português do Brasil) como língua universal e o financiamento é o projeto Endoeconomia (ver no Google esta palavra. – A embaixada e consulado brasileiro sabem de tudo o que está a se passar com a nossa Fundação e calam-se desde 2002. – Navegue em meu Facebook e terá uma surpresa, com o que está lá descrito. – Aguardo o seu contacto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*