Investimentos nos Campos Gerais já somam R$ 10,7 bilhões | Fábio Campana

Investimentos nos Campos Gerais já somam R$ 10,7 bilhões

O investimento da Heineken consolida os grandes empreendimentos nos Campos Gerais, atraídos pelas vantagens comparativas da região (localização e mão de obra) e pelo programa de incentivos Paraná Competitivo. Os investimentos enquadrados no programa, desde 2011, somam R$ 10,7 bilhões, de acordo com levantamento da Agência Paraná de Desenvolvimento. O volume inclui o projeto Puma, da Klabin, com investimento de R$ 8,5 bilhões em Ortigueira – o maior da história do Estado. Entre construção de novas fábricas e ampliações de instalações, os projetos devem gerar 15 mil empregos.

Para o presidente da APD, Adalberto Netto, o investimento da cervejeira é uma demonstração que, mesmo com a crise, o setor produtivo acredita no Paraná. Ele lembrou que houve uma queda de investimentos diretos no Brasil, da ordem de 40% no último ano. Neste cenário, o Paraná é um dos poucos estados que não só mantém, mas também expande os investimentos. “Isso é muito especial e não é por acaso, pois temos uma combinação de governo trabalhando com a iniciativa privada, o que dá condições para os empreendimentos serem competitivos”, disse ele.

Nos últimos cinco anos e meio, afirmou o presidente da APD, foram atraídos ao Estado mais de R$ 50 bilhões, uma marca que é destaque no Brasil e na América Latina. “Recebemos cerca de cinco missões internacionais por semana para conhecer o Paraná. Volume equivalente ao estado de São Paulo, que é maior que o Paraná”, afirmou.

(foto: Orlando Kissner/ANPr)


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*