Propina da Unila | Fábio Campana

Propina da Unila

O Antagonista

Alexandre Romano contou aos investigadores, em sua delação premiada, que repassou a Paulo Ferreira cerca de R$ 2 milhões em propinas de diferentes obras tocadas pela Construbase.

Ele citou a construção da Universidade Latino-americana (Unila), de responsabilidade do consórcio Mendes Júnior/Schahin. Ele acredita que a Construbase seria subcontratada.

A empreiteira integra o consórcio que venceu a licitação para a construção da segunda ponte ligando Brasil ao Paraguai.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*