PC do B não quer acerto com Requião | Fábio Campana

PC do B não quer acerto com Requião

índice
Requião, do PMDB, está fulo com a turma do PC do B. Ele dava dava como certo o apoio dos comunistas à candidatura do filho Maurício à prefeitura de Curitiba, mas o partido de Ricardo Gomyde hoje vê mais possibilidades no apoio a Maria Victória, do PP.

A mágoa de Requião é que essa seria a segunda “traição” do PCdoB, já que em 2014, na última hora, o partido retirou-se da coligação peemedebista para apoiar Gleisi Hoffmann (PT) na disputa do governo estadual. Naquela eleição, ambos acabaram derrotados pelo tucano Beto Richa já no primeiro turno.

Pelo Twitter, o perfil @criacuervo, administrado por Requião e assessores próximos, o descontentamento fica evidente. “O bravo PCdo B de Curitiba segue a linha que tomou em BSB apoiando Rodrigo Maia, vai com Victoria, filha de Ricardo Barros”. E isto que a campanha propriamente dita ainda nem começou.


6 comentários

  1. Ketlin Pamella
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 11:53 hs

    Sempre achei que este “ser” iria ficar sozinho, e ficou!

  2. TADEU ROCHA
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 12:20 hs

    PAI E FILHO PT ROXO, DILMA E LULA. AMOR DE REQUIÃO ELE MESMO FALA.

  3. Helena
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 13:48 hs

    Mas é nesse partido ou no PT que é o lugar certo para ele.

  4. Francisco Andrade
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 15:14 hs

    Grande aquisição do PP. Os camaradas Claudio Ribeiro, Dodo, Zenir e Manfredini que participaram de forma estusiastica do comando da campanha de Ratinho Jr tem toda a experiência e competência para levar a Maria Vitoria a ocupar o cargo.

  5. GIBA HUM
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 15:20 hs

    Deve-se aumentar alguns mais: Psol, Rede e mais alguns partidos tranqueiras, aliás a tal de Rede tem alguns deputados que pelo amor de Deus incluindo um do Paraná que deveria voltar para o PC do B. Cuidado Marina.

  6. Kafir
    quinta-feira, 21 de julho de 2016 – 16:06 hs

    e quem quer? Alguém aí sabe?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*