Paulo Bernardo segue na alça de mira da Polícia Federal | Fábio Campana

Paulo Bernardo segue
na alça de mira da
Polícia Federal

paulo-bernardo2

Karlos Kohlbach

Apesar da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de soltura de Paulo Bernardo, o ex-ministro de Lula e Dilma Rousseff (PT) segue na alça de mira da Polícia Federal e dos procuradores do Ministério Público Federal (MPF).

Uma fonte contou ao Blog que a documentação apreendida na ação policial, assim como os extratos telefônicos, está em fase final de análise. “Os resultados dos achados deve ensejar uma nova operação da PF”, diz a fonte.

Paulo Bernardo foi preso no dia 23 de junho na operação Custo Brasil, um desdobramento da investigação da Lava Jato, e solto seis dias depois por ordem do ministro Dias Toffoli — decisão que provocou “perplexidade” dos procuradores responsáveis pela operação. Paulo Bernardo foi detido suspeito de envolvimento num esquema de desvio de R$ 100 milhões através de um contrato do Ministério do Planejamento com a empresa Consist.

(foto: arquivo/google)


5 comentários

  1. AMO
    quarta-feira, 13 de julho de 2016 – 15:47 hs

    Quando era parlamentar, foi eleito por qual estado?

  2. RR
    quarta-feira, 13 de julho de 2016 – 16:54 hs

    DEVERIA SEGUIR NA ALÇA DE MIRA DE UM FUZIL.

  3. quarta-feira, 13 de julho de 2016 – 19:37 hs

    Na verdade , o casal que aproveite bem os dias de liberdade, mesmo porque ambos estão na alça da mira da PF

  4. PHILLIPS
    quarta-feira, 13 de julho de 2016 – 20:32 hs

    Que ingratidão, só ele, e a polaquinha das araucárias vai continuar solta, prendam a Gleyse também, questão de justiça

  5. FUI !!!
    quinta-feira, 14 de julho de 2016 – 7:10 hs

    Este cara precisa voltar rapidamente para o xadrez. Ele esqueceu
    a bolsa de maquiagem da Gleisi…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*