Rafael Greca, o candidato da internet | Fábio Campana

Rafael Greca, o candidato
da internet

thumb_greca-no-pmn
Rafael Greca de Macedo é candidato oficial de pequeno partido, o PMN, que não tem nem mesmo tempo gratuito de rádio e TV. Mas sua candidatura cresceu tanto que hoje ele agrega partidos que lhe darão o maior arco de alianças, a maior tropa de candidatos a vereador e o maior tempo na TV.

Um fenômeno construído na internet. Nos últimos seis meses, Greca dedicou-se a divulgar sua candidatura, suas ideias e suas críticas à administração atual, de Gustavo Fruet, pela internet. É verdade que tirou proveito do fracasso de Fruet. E sua saída do PMDB e das hostes de Requião lhe devolveram confiabilidade que perdera pela má companhia.

Hoje, Greca está na ponta em todas as pesquisas divulgadas e com registro no TRE. Seu crescimento é perceptível a olho nu. Como é perceptível a queda de Fruet. A ponto de os marqueteiros da praça considerarem a possibilidade de que o segundo turno em Curitiba confronte Greca e Ney Leprevost, deixando Fruet de fora. É possível. Do que ninguém duvida, hoje, é que Greca está na ponta e irá até o fim da disputa.


5 comentários

  1. medonho
    domingo, 31 de julho de 2016 – 20:15 hs

    O discurso do Candidato Greca é um tanto temeroso, quando posto em análise é demagógico. “fazenda solidária” isto, é o socialismo petista com nova roupagem.
    As pessoas precisam é ganhar o pão com suor do trabalho, assistencialismo com uso dos impostos, deixou o Brasil na pior situação econômica. O Greca age como se viesse da escola do PT, e fere a dignidade do cidadão criando facilidades, tornando refém do assistencialismo.
    Tem de aplicar os recursos de modo eficiente. Como curitiba estará daqui 4 anos, se colocar esta cidade nas mãos de um sonhador.

  2. Dosel Jr.
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 9:16 hs

    Estive na Aula Magna sobre Curitiba que Greca deu na Sociedade Morgenau. Junto levei mais quatro amigos,que ficaram de boca aberta pela facilidade que o arquiteto “bonachão” falou para mais de 600 pessoas ( número fornecido pela diretoria da sociedade), e que ouviram atentamente, durante quase duas horas, o que ele tinha para mostrar por que é pré-candidado a prefeito da cidade. “Os bons tempos estão de volta”, diziam alguns. Curitiba voltará a sorrir, diziam outros. Não vejo a hora de assistir os debates na televisão para confirmar meu voto e de meus familiares no único candidato que poderá recolocar Curitiba no cenário nacional como uma cidade de Primeiro Mundo, num país mergulhado em frustrações políticas.

  3. Medeiros
    segunda-feira, 1 de agosto de 2016 – 10:29 hs

    Este ser esta superado…primeiro chamava Requião de “Maria Louca”, meses após, lá estavamos dois de braços dados…agora está ao lado de Beto Richa, persona pelo qual sempre detestou. É…nossa política é formada por hipócritas e mentirosos. Q nojo!!!

  4. Tia Amélia
    terça-feira, 2 de agosto de 2016 – 14:28 hs

    Assim vai escrever e não declarar os versinho chatos dele!!

  5. Paulinha Silva
    terça-feira, 2 de agosto de 2016 – 14:32 hs

    Dosel Jr.
    LEMBRANDO: Quando Greca foi Prefeito era assessorado pela equipe do Jaime Lerner e não existia a Lei de Responsabilidade Fiscal!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*