Filho de Maranhão vai devolver R$ 565 mil ao tribunal onde tinha cargo, mas não dava expediente | Fábio Campana

Filho de Maranhão vai devolver R$ 565 mil ao tribunal onde tinha cargo, mas não dava expediente

índice

Painel Folha de S. Paulo

Carnê do baú Filho de Waldir Maranhão, Thiago Augusto, vai devolver ao Tribunal de Contas do Maranhão R$ 565.163,06 — em entrada mais 24 prestações. Augusto foi nomeado assessor da corte estadual por um aliado do pai, mas trabalhava como médico em São Paulo. Ele foi exonerado do posto em 9 de maio, quando a coluna revelou o caso.

Seu salário mensal no tribunal girava em torno de R$ 6,5 mil. Ele já estava lotado no gabinete de Edmar Cutrim quando concluiu sua residência médica, no Rio de Janeiro.

Funcionários que trabalham com gestão de pessoas no tribunal informaram à coluna que o cargo de Thiago Augusto — assessor de conselheiro TC04 — prevê expediente diário no gabinete.

Procurado pela coluna, o conselheiro que o empregava disse inicialmente que o filho de Waldir Maranhão ia ao trabalho “todo mês”. Depois se corrigiu e disse que o funcionário aparecia “duas, três, quatro vezes por semana”. Desligou o telefone e não voltou a atender às ligações. A assessoria do deputado foi contatada na sexta-feira (22), mas não se manifestou.


4 comentários

  1. AMO
    domingo, 24 de julho de 2016 – 16:47 hs

    Se o MP for na camara nos dias que tem sessao, vao logo perceber que o volume de funcionarios que vao somente assinar a hora extra é coisa de louco, se é pra arrumar, tem que arrumar tudo.

  2. RR
    domingo, 24 de julho de 2016 – 20:17 hs

    TÁ E COMO ELE VAI DEVOLVER,VAI RIUBAR DE OUTRO LUGAR,LADRÃO É LADRÃO,PRA ESSE LIXO PAGAR ESSA DÍVIDA,TEM QUE RETIRAR OS ÓRGÃOS DELE E VENDER.

  3. Kafir
    domingo, 24 de julho de 2016 – 22:11 hs

    Vai rindo piá, quero ver de onde você vai tirar esta grana toda.

  4. Tia Amélia
    segunda-feira, 25 de julho de 2016 – 10:27 hs

    Pai ensinando filho a ser Pilantra!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*