Briga de foice no PMDB | Fábio Campana

Briga de foice no PMDB

índice
O PMDB está em guerra intestina permanente. A ala liderada pelo ex-governador Orlando Pessuti e Doático Santos ganhou uma liminar para suspender a convenção do partido que indicaria Maurício Requião Filho candidato a prefeito de Curitiba. Imaginem os maus bofes de Requião. O deputado João Arruda, do clã de Requião, diz que a medida é inócua e será derrubada com facilidade.

Já o time de Pessuti e Doático permanece na briga. Reuniu-se pela manhã (foto) e decidiu pedir à juíza Beatriz Moraes, da 16ª Vara da Justiça Estadual, que concedeu a liminar, que requisite força policial para impedir que a conveção sub judice se realize na segunda, às 17h00, como foi marcada por Requião.

A verdade é que até pode não dar nada, que a convenção deve se realizar e Maurício Requião ser lançado candidato, mas que gera um desgaste enorme, isso gera. Tanto que o PPL que apoiaria Requião, já informou que saiu da coligação e já não apoia Maurício.


2 comentários

  1. Marcia M da Silva
    sábado, 30 de julho de 2016 – 21:44 hs

    Cadê os milionários advogado da família do fundo partidário que não encontraram ainda o despacho do juiz . É o Lesmael publicado matéria mentirosa .

  2. Kafir
    sábado, 30 de julho de 2016 – 22:14 hs

    Bob Filho vai tomar uma surra como tomaram a Princesinha Barbie em 2008 e o ex-reitor, vai ser muito feia a sova. Talvez Bob Pai esteja lançando Bobo Filho na fogueira para sentir a temperatura, aí vai ter uma ideia do que o aguarda em 2018.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*