Cunha deve renunciar | Fábio Campana

Cunha deve renunciar

eduardo cunha e carro oficial by abr

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) vai renunciar à presidência da Câmara porque sua estratégia é escapar de julgamento no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), onde já se considera condenado. Sessões do plenário são transmitidas pela TV e Cunha avalia que ministros podem ser pressionados pelo “clamor das ruas”. Como deputado comum, seu caso vai para a 2ª Turma, onde sessões não são transmitidas pela TV. A informação é do colunista Cláudio Humbeto, do Diário do Poder.

A 2ª Turma do STF, presidida por Gilmar Mendes, tem também os ministros Dias Toffoli, Celso de Mello, Cármen Lúcia e Teori Zavascki. Outro fator para a renúncia é que Cunha quer influenciar na escolha do sucessor-tampão, que presidirá a votação de sua eventual cassação.

Confirmada a renúncia de Cunha, só Renan Calheiros, presidente do Senado, deverá enfrentar julgamentos no plenário do STF.

Após a renúncia, um presidente-tampão será eleito no prazo de cinco sessões para cumprir o restante do mandato de Cunha, até fevereiro.


Um comentário

  1. Macambúzio
    sábado, 2 de julho de 2016 – 12:05 hs

    Este vai puxar longos anos, posto que inimigo declarado do PT!!! Nem delação o salva!!! Dizem que roubou mais de 1 bilhão!!! Ou seja, mixaria, cerca de 1% dos 88 bilhões que a quadrilha do Petrolão, comandada pela Jararaca Petista e seus asseclas ROUBOU DOS POBRES DO BRASIL!! E o pior é que o Judiciário Brasileiro não está preparado para combater o crime do colarinho branco!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*