Traiano participa com Beto de inaugurações no Sudoeste | Fábio Campana

Traiano participa com Beto de inaugurações no Sudoeste

índice

O presidente da Assembleia, Ademar Traiano (PSDB), participou hoje (3), junto com o governador Beto Richa, da inauguração e entrega de obras do governo do Estado em Barracão, Bom Jesus do Sul e Coronel Vivida. Para Traiano, participar dessas inaugurações e liberações de recursos para municípios da região Sudoeste, é algo particularmente significativo.

“No início de 2015, o governo do Estado propôs, e a Assembleia aprovou, um pacote de ajuste fiscal, muito criticado e combatido na época. Agora estamos colhendo os frutos. Enquanto a maioria dos Estados não está conseguindo pagar os funcionários e bancar o sistema de saúde, o Paraná deu aumentos para o funcionalismo e está fazendo investimentos. É uma prova do acerto das medidas que tomamos”, destacou Traiano.

Em Barracão, Beto e Traiano participaram da inauguração do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Margarete Aparecida Dambros. O Centro tem 206 metros quadrados de área construída e terá capacidade para atender a três mil famílias. Investimento previsto de R$ 438 mil. Este é o 45º CRAS entregue à população em cinco anos da gestão Beto Richa.

Ainda em Barracão o governador e o presidente da Assembleia fizeram o anúncio de que a cidade, como sede de comarca, vai receber um delegado, entre os novos contratados na área da segurança pública. Também foi anunciado um pacote e de novas obras, entre elas a construção de praça, calçamento, academia ao ar livre, mobiliário e equipamentos para escolas, num total de R$ 450 mil.

Doze municípios da regional (incluindo Barracão) serão inseridos no programa Piso Paranaense de Assistência Social (PPAS), da Secretaria do Desenvolvimento Social. Cada um deles vai receber R$ 75 mil anuais para ações de proteção social.

Traiano e Beto participaram, em Bom Jesus do Sul, da inauguração de um CRAS na cidade. O Centro terá investimentos de R$ 438 mil. O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Vó Eva tem 206 metros quadrados de área construída e capacidade para atender a três mil famílias.

O governador fez anúncios de recursos para a cidade durante a inauguração do CRAS. Entre eles, R$ 240 mil para o transporte sanitário (unidade de saúde); R$ 150 mil para reparos no colégio estadual Bom Jesus; R$ 115 mil para equipamentos e materiais para unidade de saúde; R$ 288 mil para calçamento na comunidade Linha Boa Esperança (retomada da obra); R$ 30 mil em óleo diesel (para situações de emergência); R$ 800 mil para sinalização e recape da PR 885 (acesso à cidade). Também foi assinado convênio para o recape na estrada que dá acesso à comunidade Linha Coqueiro. R$ 540 mil.

Em Coronel Vivida, o governador entregou quatro veículos e três ambulâncias para a área de saúde. Também anunciou a inclusão do Instituto Médico Nossa Vida no programa HospSUS. Esta entidade filantrópica vai receber R$ 110 mil mensais (R$ 1,3 milhão por ano) para ações de urgência e emergência. Desde abril, Coronel Vivida está entre os municípios beneficiados com o programa de cirurgias eletivas.


4 comentários

  1. PUNISHER
    sexta-feira, 3 de junho de 2016 – 16:13 hs

    CAMPANA PARE DE CHAMAR (ESCREVER) AUDITOR FISCAL, PRA ESTA TURMA DE TRANSPOSTOS, HOJE ELES NÃO PASSAM DE ADMINISTRATIVOS NO PARANÁ. É SÓ VOCÊ VERIFICAR E PUBLICAR O CONTIDO NA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE 5510, CONTRA AS LEIS COMPLEMENTARES 131/2010 E 092/2002. PROPOSTO PELO SR. PROCURADOR GERAL DA REPUBLICA, RODRIGO JANOT, EM 05 DE MAIO DE 2016.

  2. Ex-funcionário
    sexta-feira, 3 de junho de 2016 – 18:46 hs

    Campna não tenho estomago pra aguentar o Beto… Traiano e o Rossoni… porque você insiste em dar notícias dos 3 patetas???

  3. Paranaense Roxo
    sexta-feira, 3 de junho de 2016 – 22:05 hs

    Aumento para os Servidores ? Onde ?
    Você não tá pagando nem as Progressões e Promoções dos Policiais Militares e Civis, quem dirá aumento ! Se DEUS quiser sua carreira política encerra com o fim deste mandato…

  4. Carlos
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 0:40 hs

    Esse cidadão, de cognome Punihser, não sabe do que está falando e está empenhado em somente difamar a classe dos auditores fiscais que, inobstante a ação de maus elementos, foi responsável pelo aumento significativo da arrecadação estadual nos últimos anos, antes mesmo do ajuste fiscal efetuado em 2015. Administrativo, Sr. Punisher, não tem entre suas atribuições arrecadar, fiscalizar e tributar, ou tampouco constituir o crédito tributário pelo lançamento, como o tinha a carreira de agente fiscal. O que a PGR questiona é o aproveitamento, no cargo de auditor fiscal, dos anteriores ocupantes do cargo de agente fiscal que, por força de uma lei editada em 1978, e modificada profundamente em 1983, era de nível médio, mas tinha todas as competências e prerrogativas do cargo de auditor fiscal. Em Santa Catarina, o governo estadual unificou duas carreiras da fiscalização inteiramente distintas e originalmente de nível médio com outras duas de nível superior, e o STF julgou isso constitucional, tendo em vista a similitude de atribuições (ADI 2335). Por outro lado, a situação do Paraná nada tem a ver com a ADI referente à unificação das carreiras do fisco do Ceará, que teve, entre outras coisas, o aproveitamento até de motoristas no cargo de auditor fiscal.
    Punisher, ou Fazendário Falido, dá uma olhada no andamento da ADI 2945 antes de vir aqui falar mal dos outros.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*