Servidores vão à Justiça contra fraude nos consignados | Fábio Campana

Servidores vão à Justiça contra fraude nos consignados

índice

Há 16 anos, a servidora pública Ana Gori vê um empréstimo consignado abocanhar boa parte de seu salário. Uma dívida levou a outra e, pelas contas dela, só termina em 2022. Na quinta-feira, a angústia de Ana aumentou quando viu o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo ser preso na Operação Custo Brasil, da PF, por fraude no consignado contratado por meio da empresa Consist. Ana chorou quando soube que, além dos juros, ela contribuía também com a taxa mensal de R$ 0,70 de propina. Pelas investigações, Bernardo embolsou R$ 7 milhões em propina. As informações são d’O Globo

— Eu chorei por mim e pelos meus amigos. Eu estou indignada. Tem várias maneiras de ser assaltada. Para mim, esse cara (Bernardo) é tão bandido quanto o cara que me aponta a arma e leva minha bolsa — desabafou Ana, que trabalha na Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen), em São Paulo.

O servidor Rogério Expedito, do Ministério Público de Minas Gerais, também paga a taxa de propina embutida nas parcelas do empréstimo consignado, ao qual recorre desde 2000.

— A revolta é muito grande, porque a gente só pega empréstimo quando está com dificuldade. Além da taxa do banco, tem a taxa de roubo, fraude e esquema ilícito. A gente foi enganado. Na verdade, era um esquema para passar dinheiro para o ministro e para o PT — disse ele.

Segundo Expedito, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) já decidiu entrar com ações contra o governo federal por danos morais. Eles querem ter de volta o dinheiro desviado das parcelas do consignado.

— Individualmente, não é muito dinheiro. Mas existem hoje 1,38 milhão de servidores. Provavelmente, todos pegaram empréstimo — disse ele.

Em um grupo de Whatsapp integrado por servidores que têm empréstimo descontado em folha, a revolta é geral. “Esperamos que as entidades entrem com ação para a devolução desse dinheiro, nem que seja para doar depois. Foram usurpados pelo governo do PT”, disse um participante do grupo.


12 comentários

  1. PIXULEQUINHO
    sábado, 25 de junho de 2016 – 13:27 hs

    .
    ALÔ – ALÔ SERVIDORES LESADOS, NÃO ESPEREM NADA DAS AUTORIDADES. NÃO ESPEREM DAS AUTORIDADES ATITUDES PARA COM A DEVOLUÇÃO DOS VALORES A VOCÊS ROUBADOS. INICIEM UMA AÇÃO POPULAR NA JUSTIÇA COMUM, PARA REAVER SEUS SUADOS CENTAVINHOS DE VOLTA.

  2. Palpiteiro
    sábado, 25 de junho de 2016 – 13:50 hs

    Fazem muito bem. Devem responsabilizar todos os envolvidos na rapinagem.

  3. Pablito
    sábado, 25 de junho de 2016 – 13:54 hs

    Pior que a maioria dos funcionários votaram no PT! Falo isso com conhecimento de causa! Algumas vezes fui xingado devido à minha aversão explícita a Lula, Dilma e ao PT!!

  4. Helena
    sábado, 25 de junho de 2016 – 13:57 hs

    Tem que reivindicar judicialmente esse roubo.
    Fábio, vou contar uma história verdadeira que assisti de perto: um senhor, aposentado e pobre, foi diagnosticado com câncer de próstata pelo medico do SUS, e precisava ser operado imediatamente. Mas, o SUS alegou que só depois de 8 meses poderia fazer… pois, a fila era enorme à espera para tal procedimento. O cidadão então pegou um empréstimo consignado de valor alto para sua capacidade de endividamento para fazer a referida cirurgia com médico particular, porque se esperasse pelo SUS, certamente iria morrer bem antes da vaga surgir. Graças a Deus ele ele fez a cirurgia e hoje está bem. O pior dessa história é que ele é Lulista e Dilmista. Nas vésperas das eleições de 2014, liguei p ele não votar no PT, além dele dizer que quem é pobre tinha que votar na Dilma… enfim, tivemos uma ferrenha discussão e ficamos sem nos falar por muito tempo. Infelizmente, Fábio, esse senhor é meu irmão. Espero que agora ele aprenda a lição de que PT e demais políticos apoiadores, só lutaram pelo poder para roubar de todo mundo, ricos e pobres, indistintamente.

  5. ANTONIO ALVARO ROSAR
    sábado, 25 de junho de 2016 – 15:53 hs

    Os funcionários estaduais do Paraná também é por está firma, né?

  6. Larry de Camargo V Nascimento
    sábado, 25 de junho de 2016 – 16:00 hs

    Este Paulo Bernardo é um vagabundo,safado.
    Tem que pegar a mulher dele também.
    Precisamos abrir a caixa pretíssima da Itaipú

  7. manoel bocudo
    sábado, 25 de junho de 2016 – 18:16 hs

    MAS A SRA ANA GORI NÃO ERA PUXA DOS PETISTAS ??????
    AGORA CHORA O LEITE DERRAMADO ?????

  8. RR
    sábado, 25 de junho de 2016 – 18:42 hs

    PENA DE MORTE PRA ESSES LIXOS,LADRÕES.

  9. PHILLIPS
    sábado, 25 de junho de 2016 – 19:30 hs

    NARIZINHO das Araucárias vai lá e diz para esses servidores que é GOLPE……GOLPE é o que o teu BERNARDÃO fez com ele vai também la no URUGUAI e diga tudo isso para os repórteres que você disse que era golpe, ….não esquecendo os artistas da LEI ROUANET para correrem o mundo com aquelas plaquinhas de que é GOLPE,

  10. Do interior
    sábado, 25 de junho de 2016 – 22:36 hs

    Isso que é GOLPE!!!

  11. domingo, 26 de junho de 2016 – 10:59 hs

    VOÇES TEM O DIREITO DE ACIONAR O SEU SINDICATO E PEDIR A RESTITUIÇÃO DESTE VALOR COM JUROS;;;NAO PERDOEM…VÃO Á LUTA..POIS O DINHEIRO É SEU;;;;;;;;;;;

  12. gregorio
    domingo, 26 de junho de 2016 – 19:49 hs

    Agora quem vai pagar é o povo em geral. Canalhas ptralhas corruptos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*