Polícia Federal cumpre 3ª fase da Operação Pecúlio no Paraná | Fábio Campana

Polícia Federal cumpre 3ª fase da Operação Pecúlio no Paraná

Na manhã desta terça-feira, 21, a Polícia Federal (PF) cumpriu a 3ª fase da Operação Pecúlio, que investiga irregularidades em processos licitatórios de prestação de serviços na prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.Foram expedidos ao todo nove mandados de prisão preventiva e 22 de busca e apreensão. Com informações do G1 Paraná.

Até o momento uma pessoa foi presa em flagrante por posse ilegal de arma e todos os mandados de prisão já foram cumpridos. O ex-secretário da Saúde Charles Bortolo e o atual, Gilber da Trindade Ribeiro estão entre os detidos. Marli Terezinha Telles, diretoria de gestão em Saúde; Valter Martin Schoeder Júnior, da secretaria da Fazenda; Evori Roberto Patzlaff, ex-secretário de Obras; Luiz Carlos Alves, da secretaria da Fazenda; Girnei de Azevedo, da secretaria de Obras; Reginaldo da Silveira Sobrinho, técnico de radiologia da secretaria da Saúde são os outros sete detidos.

As investigações apontam indícios de ingerência de gestores do município, de forma direta e indireta, em empresas contratadas para prestação de serviços e realização de obras junto à prefeitura com quantias milionárias de recursos públicos federais como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e outros como o Sistema Único de Saúde (SUS).

Outro lado
As defesas de Charles Bortolo, Gilber da Trindade Ribeiro, Evori Roberto Patzlap, Reginaldo da Silveira Sobrinho e Luiz Eduardo da Silva disseram que ainda não vão se manifestar.

A Prefeitura de Foz do Iguaçu deve se pronunciar apenas na conclusão desta etapa da operação da Polícia Federal.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*