PF faz operação contra fraudes na Lei Rouanet | Fábio Campana

PF faz operação contra fraudes na Lei Rouanet

índice

A Polícia Federal realiza nesta terça-feira, 28, em São Paulo, Rio e em Brasília, uma operação contra uma quadrilha acusada de praticar fraudes contra Lei Rouanet, que dá incentivos fiscais para empresas investirem em projetos culturais. Pelos cálculos da PF, o desvio é de R$ 180 milhões. As informações são de Jailton Carvalho n’O Globo.

Estão sendo cumpridos 14 mandados de prisão temporária contra lobistas, empresários e servidores públicos. Policiais também estão fazendo busca e apreensão de documentos no Ministério da Cultura e em mais 36 endereços de empresas e pessoas suspeitas de envolvimento nas fraudes. No total, 124 agentes federais estão nas ruas para cumprir as ordens judiciais.

O grupo alvo da operação autuaria em fraudes há cerca de 20 anos. Pelos cálculos da polícia, o grupo investigado desviou R$ 180 milhões dos cofres públicos.

Os investigados deverão ser indiciados por associação criminosa, peculato, estelionato, crime contra a ordem tributária, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.


7 comentários

  1. Flávio Luiz
    terça-feira, 28 de junho de 2016 – 10:32 hs

    Deu pra notar o interesse de alguns artistas no caso da derrubada da Dilma, aí por si se explica, nosso Brasil esta uma vergonha, enquanto muitos não tem energia e água em casa por falta de pagamento, muitos falam em milhões desviados.

  2. Dionleno Silva
    terça-feira, 28 de junho de 2016 – 10:42 hs

    Agora é aguardar o pronunciamento de Vossa Excelência o nobre senhor Tico Santacruz.

  3. terça-feira, 28 de junho de 2016 – 12:34 hs

    “É só a ponta do iceberg. Quanto mais investigarem mais vão descobrir o trem da alegria da mamata da “PSEUDO CULTURA”. Roubo. Achaque. Desvio. Dissimulação. Fraude. Que não seja “FOGO DE PALHA” para desviar atenção dos grandes desvios. “DEDO NA FERIDA” até sangrar. Que apareçam os “ARTISTAS, ATRIZES, CANTORES, CANTORAS, ETC”. Que todo mundo que meteu a mão no dinheiro público tenha o nome divulgado em letras garrafais em todos os jornais, telejornais, rádios e internet…” – Profº Celso Bonfim

  4. sergio silvestre
    terça-feira, 28 de junho de 2016 – 13:13 hs

    Vão prender o CHICO,CAETANO,GIL,MILTON NASCIMENTO,VAGNER TISO E VAMOS FICAR COM OS GRANDES ARTISTAS,LOBÃO,FROTA,ROGER RSRSRSRSRSR

  5. Do Interior
    terça-feira, 28 de junho de 2016 – 14:04 hs

    Não é a toa que a gritaria foi geral com a extinção do MinC.
    Estranho tanta gente defendendo os bandidos por nada no festival de Cannes. Agora apareceu a resposta.

    Onde tem fumaça, tem fogo!

  6. Do Interior
    terça-feira, 28 de junho de 2016 – 14:06 hs

    A fraude existe faz quinze anos, segundo o UOL.

    Coincidentemente, é na gestão petista! Porquê será?

  7. Mari
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 13:11 hs

    O Brasil é um país que vive de dinheiro público. O PIB brasileiro é puro dinheiro público. São empresas privada, micro empresários, aposentados, artistas, jogadores de futebol, integrantes da Bolsa família e não sei mas quem, que de alguma forma tem incentivo público para sobreviver. Quem nunca recebeu um dinheiro público de alguma forma que jogue a primeira pedra. O que se tem que se pensar é porque temos um país tão paternalista que “ajuda” praticamente todas os segmentos existentes no país, sem ter dinheiro para investir no essencial como educação (de verdade) saúde e segurança?????

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*