Os coitados roubados por Paulo Bernardo tiveram pena antecipada | Fábio Campana

Os coitados roubados por Paulo Bernardo tiveram pena antecipada

tofolli-br

Paulo Bernardo está solto. Na visão de Dias Toffoli, ele não pode sofrer “antecipação de pena”. Mas os coitados que foram enganados pelos arquitetos do consignado tiveram as suas penas antecipadas pelo serviço de proteção ao crédito. Para eles, o STF não existe.

Mario Sabino, O Antagonista

O Jornal Nacional mostrou que aumentou dramaticamente o número de aposentados inadimplentes. O motivo é que eles se acharam obrigados a arcar com as necessidades e os desejos dos seus filhos desempregados e netos sem perspectiva. Necessidades e desejos que resultaram em calotes, dada a exiguidade do que recebem por mês.

A crise na Europa já havia mostrado face semelhante — a de velhos que são obrigados a sustentar jovens adultos, numa inversão do que se presumia ser a direção natural das famílias. No Brasil, o problema adquire contornos ainda mais urgentes, porque as redes de proteção sociais são escassas, quando não completamente inexistentes.

Ao deparar com a notícia de que a prisão preventiva de Paulo Bernardo foi revogada por Dias Toffoli, voltei a pensar na reportagem do Jornal Nacional. A totalidade dos aposentados em dificuldades caiu no conto do crédito consignado. Ou seja, têm até um terço da sua renda descontado em folha pelo banco que lhes emprestou dinheiro. Com o que sobra, contraíram mais dívidas com financeiras — e, agora, estão sem crédito nenhum.

Segundo a Justiça de São Paulo, Paulo Bernardo chefiava uma organização criminosa que roubou 100 milhões de reais de funcionários públicos e aposentados que viram no consignado a miragem de melhorar o padrão de vida de si próprios e dos que os rodeiam. Era um roubo de formiguinha: pouco mais de um real por mês de cada devedor, pago a título de taxa de administração para uma empresa que repassava a “mais-valia” de cada real a Paulo Bernardo, PT e o resto daquela gente que só queria acabar com a fome no mundo.

Apesar de tamanha perversidade, Paulo Bernardo está solto. Na visão de Dias Toffoli, ele não pode sofrer “antecipação de pena”. Mas os coitados que foram enganados pelos arquitetos do consignado, os coitados que foram roubados pelo ex-ministro et caterva, como os aposentados inadimplentes do Jornal Nacional, estes tiveram as suas penas antecipadas pelo serviço de proteção ao crédito. Para eles, o STF não existe.


8 comentários

  1. Macambúzio
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 10:16 hs

    O Rábula do PT tem o rábulo preso, dizem!!! Obedece cegamente as ordens de Jararaca, também dizem!!! Se chegarem muito perto do Jararaca, ele ataca!!! Rimou!!!

  2. Doutor Prolegômeno
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 10:51 hs

    Como se dizia antigamente: aos amigos a lei, aos outros, os rigores da lei.

  3. medonho
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 11:07 hs

    Ainda que este cidadão e seus consignados estejam soltos, todavia estaram eternamente presos em suas consciencias, de maneira arquitetada, articulada, tiraram da boca dos aposentados : remédio, alimentação, e a dignidade.
    Este é o partido que prega o resgate dos marginalizados que vivem na pobreza, e a miséria desta gente, alimentou a gana de poder. Infelizmente, essa gente são protegido e amparado pelas nossas frágeis leis.

  4. PORTUÁRIO
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 11:55 hs

    E AINDA MANDARAM A ADVOGADA DE ACUSAÇÃO FICAR CALADA NA COMISSÃO DO SENADO! KKKKKKKKKKKKKKKKKK! SÓ RINDO!

  5. COMANDO
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 12:44 hs

    Troca de favores…

  6. TADEU ROCHA
    quinta-feira, 30 de junho de 2016 – 12:58 hs

    ÚNICA COISA A DIZER…..ISSO É UMA VERGONHA, VAMOS PASSAR LIMPO NOSSO BRASIL TUDO….

  7. VISIONÁRIO
    sexta-feira, 1 de julho de 2016 – 7:31 hs

    Quando muitos cidadãos do bem gritam querendo a volta das
    Forças Armadas, não tiro a razão. Nesta bagunça infernal que
    tomou conta do país o que nos resta mesmo são as Forças Arma-
    das porque as cabeças que deveriam ser pensantes hoje são uns
    verdadeiros “pau oco”…

  8. roberto novaes jr
    sexta-feira, 1 de julho de 2016 – 8:26 hs

    Qual foi o valor da fiança paga pelo detido para ser posto em liberdade?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*