Japonês da Federal é apoiado por colegas | Fábio Campana

Japonês da Federal é apoiado por colegas

japa

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) divulgou nesta quarta-feira, 8, nota de apoio ao agente da PF Newton Ishii, o Japonês da Federal, que foi preso na sede da Polícia Federal em Curitiba para cumprir pena de quatro anos e dois meses de prisão por descaminho e corrupção quando atuava na fronteira do Paraguai, em Foz do Iguaçu. Com informações de Mateus Coutinho, Ricardo Brandt e Julia Affonso.

A entidade se diz “surpresa” e ainda salienta que o Japonês da Federal ajudou a ‘construir o prestígio’ da Lava Jato. Diferente dos presos da Lava Jato que ele ajudou a conduzir para a PF em Curitiba ao longo das 30 fases da emblemática operação de combate à corrupção, Ishii está em uma de sala separada na sede da Polícia Federal e não na carceragem.

A ÍNTEGRA DA NOTA DA FENAPEF

“Nota de esclarecimento sobre a detenção do Newton Ishi, o Japonês da Federal

A Federação Nacional dos Policiais Federais – Fenapef vem manifestar seu total apoio ao agente federal Newton Ishii, conhecido como “Japonês da Federal”, que está na Superintendência Regional da Polícia Federal, em Curitiba, para cumprimento de pena imposta nos autos do processo judicial relativo à Operação Sucuri, ocorrida em Foz do Iguaçu em 2001.

Famoso pela sua atuação nas prisões de políticos e grandes empresários nas investigações da Operação Lava Jato, Newton que se apresentou, ontem, por volta das 11 horas da manhã, aos policiais federais, logo que soube que seu recurso fora negado no Superior Tribunal de Justiça.

A detenção do agente Newton Ishi surpreendeu a todos, pois o primeiro processo contra ele fora anulado integralmente para posteriormente ser refeito. Há ainda recursos pedindo anulação de todo o feito. Outros agentes federais envolvidos na Operação Sucuri já tiveram seus processos anulados e outros foram absolvidos por falta de provas.

O departamento jurídico do Sindicato dos Policiais Federais do Paraná está acompanhando de perto o caso para tomar todas as medidas necessárias no sentido de que Newton Ishii seja solto já na próxima semana.

A Fenapef está prestando todo apoio necessário ao agente Newton, que tem sido um ícone do combate à corrupção e ao crime organizado. “Estamos lutando para que se faça justiça ao Newton e sua família, posto que ele já vem sendo punido injustamente há muitos anos, mesmo após árdua luta para provar sua inocência”, afirma o presidente da Fenapef, Luís Boudens.

Os fatos não guardam nenhuma relação com a Operação Lava Jato, que vem sendo um marco no combate à corrupção no Brasil, prestígio do qual o Newton Ishii ajudou a construir.”


6 comentários

  1. Marcos Pinheiro
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 9:42 hs

    A sociedade carece de referenciais e heróis,ele transportou os acusados e virou simbolo.(salienta que o Japonês da Federal ajudou a ‘construir o prestígio’ da Lava Jato) O prestígio vem pelo “combate a corrupção” e por ações de um conjunto de agentes públicos (Policia Federal,Ministério Publico Federal,Justiça Federal)Mas é importante considerar que houve cometimento de crime e por isso (somente por isso) ele está preso para decepção de muitos.

  2. QUESTIONADOR
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 11:07 hs

    -Exatamente leitor Marcos Pinheiro, ele está preso por ter cometido atos ilegais dentro da corporação. Ninguém está acima da lei, muito menos os agentes da PF. E o que dirá os políticos? Repito ninguém está acima da lei, muito menos os políticos por mais que estes se achem “intocáveis”.
    -Por enquanto o Sr. Newton Ishii está preso como resultado das investigações da Operação Sucuri(facilitação de entrada de contrabando no Brasil). Outro caso é a suposta venda de informações privilegiadas da Operação Lava-Jato aos possíveis réus.

  3. Dosel Jr.
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 11:23 hs

    É muito difícil se fazer um julgamento de um caso em que está m jogo,exatamente, a unidade de segurança com mais crédito no país. Vamos aguardar o andamento dos fatos. Eu continuo decepcionado.

  4. sergio silvestre
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 14:32 hs

    Ué,não entendi a policia está solidaria com o infrator?
    Então eles podem ficar solidários com fora-da-lei?
    Me poupe né,pergunte a alguem do FBI se eles lá são solidarios com colega que mete a mão no jarro.

  5. Helena
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 15:13 hs

    O FBI não fica solidário… os petistas sim, são extremamente solidários aos seus alibabás e seus enes 40 ladrões que faliram o Brasil.

  6. Juca
    quinta-feira, 9 de junho de 2016 – 15:21 hs

    SS Calça Frouxa, os solidários da PF devem ser aqueles petistas infiltrados. Ou você ignora que existem petistas aparelhando a Polícia Federal. Você tem razão, marginal é marginal. Mas que o japonês fez serviço bem feito isso fez. Pode ser que até contra vontade, mandado mesmo, mas enquadrou vários da quadrilha do PT.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*