Hospital de Maringá amplia em 30% as internações e em 60% as cirurgias | Fábio Campana

Hospital de Maringá amplia em 30% as internações e em
60% as cirurgias

Inauguração de noa ala do Hospital Universitário de Maringá

O Hospital Universitário Regional de Maringá aumentou em 30% as internações e em 60% as cirurgias. A ampliação nos últimos cinco meses se deu com a construção de um novo bloco – investimento de R$ 5,5 milhões feito pelo Estado. A obra aumentou a capacidade de atendimento da enfermaria e do centro cirúrgico. A nova ala foi entrega nesta quarta-feira (8) pelos secretários Michele Caputo (Saúde) e João Carlos Gomes (Ciência, Tecnologia e Ensino Superior). Michele Caputo anunciou ainda novos investimentos na estrutura e novos equipamentos.

Referência em Maringá e mais 125 cidades da região, o hospital oferta serviços de urgência e emergência, atenção materno-infantil, consultas e exames especializados. Em 2015, o hospital universitário registrou mais de 46 mil atendimentos no pronto-atendimento, com uma média mensal de mais de 3,5 mil pacientes. Além de cerca 27 mil consultas especializadas e mais de 3,3 mil cirurgias eletivas e de urgência.

Com a mudança do bloco, foram implantados mais 27 leitos gerais e duas salas cirúrgicas, que já estão sendo usadas desde janeiro deste ano. Agora, o hospital onta com 150 leitos e três salas cirúrgicas. “Trata-se de uma obra moderna, que garante estrutura adequada para abrigar os serviços administrativos. Além disso, o remanejamento dos espaços trouxe ganhos para o atendimento, com a abertura de novos leitos. Isso é prova do bom desempenho da gestão”, explicou.

Michele Caputo Neto anunciou novos investimentos para fortalecer o parque tecnológico do hospital. Serão destinados recursos para a compra de um novo tomógrafo, uma ressonância magnética e um aparelho de arco cirúrgico. “Atendendo a uma reivindicação da direção do hospital, vamos entregar esses equipamentos de última geração, que trarão mais qualidade e segurança ao atendimento dos pacientes”, assegurou Caputo.

O superintendente do hospital, Maurício Chaves Júnior, explicou que a entrega desta obra faz parte de um amplo projeto de melhorias na estrutura do hospital. “Com recursos próprios do Governo do Estado estamos executando uma série de obras em diversos setores. Destaque para a construção do bloco cirúrgico e da clínica adulta, que terá mais 100 leitos”, disse o superintendente.

A 1ª etapa da construção do novo bloco cirúrgico está com 89% das obras concluídas. Nesta fase, R$ 5 milhões estão sendo investidos, possibilitando a abertura de cinco novas salas cirúrgicas. O prazo de conclusão é de 30 dias.

Depois disso, serão iniciadas as obras da 2ª etapa, avaliadas em mais R$ 5,6 milhões, já com equipamentos incluídos. Com isso, o bloco cirúrgico terá 11 salas. As três salas atuais serão transformadas em centro obstétrico.

Já a construção da clínica adulta, com 100 leitos, vai dobrar a capacidade do hospital. Iniciada há dois meses, a obra está a pleno vapor e já finalizou a etapa de fundação. O investimento do Governo do Estado é de R$ 14,3 milhões. A previsão é que o novo prédio seja entregue no segundo semestre de 2017.

(foto: Venilton Küchler/Sesa)


Um comentário

  1. FUI !!!
    sexta-feira, 10 de junho de 2016 – 5:46 hs

    Se o governo brasileiro tivesse investido tudo que o PT conseguiu
    roubar em saúde estaríamos na situação de algumas cidades como
    Maringá. Aumentando leitos para a saúde.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*