'Hora de dizer não a prorrogação do pedágio', convoca Paranhos | Fábio Campana

‘Hora de dizer não a prorrogação do pedágio’, convoca Paranhos

“O Oeste precisa se posicionar de forma firme, transparente, inquestionável sobre a nossa posição nessa renovação dos contratos”. A declaração é do deputado Paranhos (PSC)convocando a sociedade da região para participar, nesta sexta-feira (17), da audiência pública da Frente Parlamentar contra a Prorrogação dos Contratos do Pedágio, a partir das 9h na Associação Comercial e Industrial de Cascavel.

“É hora de dizer não”, reforçou Paranhos, autor da PEC, que prevê a realização de plebiscito para a população opinar sobre qualquer mudança nos contratos atuais do pedágio, que vencem, em 2021. “Não é possível admitir que no final do contrato, ainda haja um movimento pró-renovação desse contrato tão danoso a sociedade do Paraná e ao Oeste do Paraná”.

“Chegou a hora do Oeste do Paraná dizer não a renovação dos contratos do pedágio do estado do Paraná. É hora de mostrarmos com firmeza a nossa posição”, ressaltou Paranhos. O deputado lembra ainda que, no período da tarde, a partir das 15h30, será realizada audiência com a sociedade no Plenário da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu.


12 comentários

  1. Nivaldo
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 8:18 hs

    Após sair da hibernação com a decisão de virar candidato a prefeito de Cascavel resolveu dar o mesmo aplique que um certo sujeito das antigas “ou baixa ou acaba”, porém na prática subiu…

  2. roberto divinoski
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 9:54 hs

    isso ai Paranhos chega dessa palhaçada, pelo menos alguém toma a frente nessa discussão, muito bem, o povo precisa de ações assim, chega desse roubo!!

  3. joão marinho
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 9:56 hs

    agora q esse contrato mal fadado chega ao fim tem uns laranjas querendo prorrogá-lo, isso pé uma vergonha mesmo, siga em frente Paranhos na sua cruzada pelo fim dessa roubalheira descarada, tem o ,apoio de toda população!

  4. ferreira
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 10:17 hs

    E quem cuidará das estradas que fatalmente serão sucateadas pelos governos ?
    Não sou contra o pedágio, sou contra os preços extorsivos de algumas concessionárias. Mas há outras que os preços são módicos e toleráveis aos usuários.
    Então, o que deve ser feito são novas concorrências com limites de valores pré estabelecidos, mas não abusivos.

  5. PHILLIPS
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 10:35 hs

    Tremendo de um demagogo, não que eu sou a favor do pedágio, muito pelo contrário, mas esse cara é um tremendo de um aproveitador, …alias, queria que me apontassem um grande feito desse senhor, alguma coisa útil

  6. JOSE
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 11:19 hs

    temos que partir para cima, desse estrangulamento do pedágio, fazer pressão popular igual foi feita para tirar o PT, agora vamos fazer o mesmo no Paraná, Movimento contra o absurdo do preço do pedágio cobrado aqui, Parabens Deputado, vamos pra cima.

  7. BinLaden
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 11:25 hs

    Que vençam os contratos e se faça leilão, chega de pedágios extorsivos

  8. zé cascavel
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 11:27 hs

    o Paranhos se importa pelo menos com isso, tem gente bem quietinha pq muito suspeito, chega dessa vergonha de pedágio!!!

  9. maria do rosário
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 11:31 hs

    quem fala mal do Paranhos deve ser os adversários politicos, não é possível, quem conhece acena sabe que é um dos deputados q mais trabalha sem demagogia, força Paranhos estamos com vc, deixa esses invejosos pra lá!

  10. QUESTIONADOR
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 12:26 hs

    -Isto está me cheirando a campanha eleitoral igual aquela(antiguinha) do Requião que todos devem lembrar: Ou o pedágio baixa ou acaba??? Eo que aconteceu: nenhuma coisa e nem outra. O pedágio acabou aumentando.
    -Não adianta bater de frente com as poderosas concessionárias. Temos que exigir que todas as rodovias pedagiadas sejam duplicadas(como constam nos contratos e com recursos das próprias concessionárias), para somente depois pensar em possíveis renovações de contratos. E se houverem as renovações que sejam estudadas ações que tornem os pedágios mais condizentes com a realidade paranaense e nacional(mais baratos).
    -Esta conversa de fazer e aparecer não enche linguiça. Apenas favorece ainda mais as concessionárias!!!

  11. MAURO
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 14:11 hs

    O concessão deve ser refeita pelo critério de menor preço com o melhor serviço e ponto!

  12. Antonio Carlos
    quarta-feira, 15 de junho de 2016 – 15:16 hs

    Golpe, golpe, isto sim é que é Golpe, Tal proposta jamais deveria ter saído da cabeça de alguém que fosse ligado aos donos das concessionárias. Esta gente está há quase trinta anos pintando faixas e roçando mato à beira das estradas e, só debaixo de muita pressão é que duplicou uma, se tanto, centena de quilômetros, em todas as rodovias pedagiadas. Isto sim é um Golpe, pedágio nunca mais. Prefiro andar em estrada ruim a andar em estrada ruim e ainda ter que pagar por isto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*