A propina de Narizinho | Fábio Campana

A propina de Narizinho

índice

O Antagonista

O caixa da propina do PP na Petrobras foi usado para bancar a campanha de Gleisi Hoffmann em 2010. A Veja traz novos trechos da delação de Pedro Corrêa, enquanto Narizinho esbraveja na comissão especial do impeachment.

“Como o doleiro Alberto Youssef e outros delatores já confessaram, o dinheiro foi repassado por um entregador do doleiro a um operador da senadora petista em um shopping de Curitiba.”


9 comentários

  1. Marcos
    domingo, 19 de junho de 2016 – 15:08 hs

    A muito tempo o povo paranaense não passa por um constrangimento tão grande no cenário nacional, essa narizinho é uma vergonha para os paranaenses. Conseguiu suplantar o Bob Mamona Rec, olha que é uma tarefa difícil .

  2. Anônimo
    domingo, 19 de junho de 2016 – 16:20 hs

    Essa vassoura de bruxa causa nojo.

  3. henry
    domingo, 19 de junho de 2016 – 17:10 hs

    TEM QUE DEVOLVER TODA GRANA COM JUROS E CORREÇÕES. DEPOIS, IR PRA CADEIA. AFINAL AS PRESAS QUE QUEREM BRINCAR COM A “falsa barbie”.

  4. Antonio Carlos
    domingo, 19 de junho de 2016 – 20:05 hs

    Esta aí é da mesma laia do Senador Maluco, se guia pela Carta de Puebla, prega a pobreza para os outros, é claro.

  5. NA CORDA BAMBA
    segunda-feira, 20 de junho de 2016 – 5:39 hs

    O cenário do Petrolão trouxe à tona todos os podres dos bastidores
    políticos do Brasil. Pobre Brasil, recheado de políticos que na surdi-
    na montaram e participaram ativamente da maior roubalheira orques-
    trada contra os brasileiros. Hoje quem pode afirmar que ainda exis-
    tem políticos “fichas limpas” !?

  6. segunda-feira, 20 de junho de 2016 – 10:20 hs

    Para quem quer conhecer melhor o Requião é só ler a “Carta Aberta” da filha do escritor Jorge Amado, AMANDA AMADO, sobre um encontro no Aeroporto de Paris, quando o senador era governador do Parana. Constragedor e esclarecedor o conteúdo da Carta. Leiam no Google!

  7. João Miramar
    segunda-feira, 20 de junho de 2016 – 11:55 hs

    Gleisi e Dilma tiveram uma convivência funcional. Assim como Ideli a narizinho foi alvo de incontáveis gritos de idiota e cretina.
    E só. Só Erenice Guerra teve e tem uma relação íntima com a Afastada. O noticiário repete sempre o valor de um milhão que ela teria recebido de propina. Claro que há muito, mas muito mais guardados numa gaveta da Lava Jato. Mas o cofre da Gleisi foi a Itaipu. Chegou lá como diretora financeira da Binacional pelas mãos de Gilberto Carvalho e pilotou um orçamento de US$ 2,5 bilhões/ ano. Foi distribuindo prebendas de Itaipu para a prefeitada que ela disputou três eleições e ganhou uma.

  8. PIXULEQUINHO
    segunda-feira, 20 de junho de 2016 – 12:57 hs

    .
    UMA COISA É CERTA. ESTA MULHER, DE BOBA NÃO TEM NADA. PARA QUEM ERA ASSESSORA PARLAMENTAR DE VEREADOR EM CURITIBA, CHEGAR A MINISTRO CHEFE DA CASA CIVIL… AGORA O QUE O POVO QUER SABER, É COMO CHEGOU TÃO LONGE EM TÃO POUCO TEMPO. QUEM VIVER VERÁ.

  9. Helena
    terça-feira, 21 de junho de 2016 – 21:03 hs

    Há muito tempo o nariz da Narizinho vem crescendo… se continuar a mentir assim, vai precisar fazer mais uma plástica.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*